“Deixamos Neymar jogar muito solto”, diz Guerrero

  • Por Agencia EFE
  • 14/06/2015 22h43
Para Guerrero

O atacante Paolo Guerrero lamentou que sua seleção tenha dado muitos espaços a Neymar na derrota do Peru por 2 a 1 para o Brasil em partida na qual fez sua estreia na Copa América.

“Perdemos para o Brasil, não para Neymar. A seleção brasileira não depende de Neymar, mas hoje o deixamos jogar. A mim não deixaram jogar porque a cada vez que tocava na bola, me faziam falta. Deixamos Neymar jogar muito solto”, declarou o ex-jogador do Corinthians e novo reforço do Flamengo depois da partida.

O atacante também afirmou que o primeiro gol do Brasil, marcado por Neymar de cabeça aos cinco minutos do primeiro tempo, quando o Peru vencia por 1 a 0, foi fruto de um erro de marcação que uma seleção nao deve cometer.

“Tomamos um gol que não devíamos, no pequena área, (Neymar estava) sozinho. Essas coisas não devem acontecer em uma seleção”, comentou Guerrero, que disse que prefere agora “se concentrar no lado positivo” e “aprender muito” para não repetir falhas como essa contra a Venezuela, próxima adversária do Peru.