Del Bosque evita jogar toalha após goleada: “Um atleta nunca se entrega”

  • Por Agencia EFE
  • 13/06/2014 19h13

Vicente del Bosque não quer que a seleção espanhola se entregue

Vicente del Bosque não jogou a toalha

Bastante abatido depois da goleada histórica por 5 a 1 sofrida diante da Holanda nesta sexta-feira (13), o técnico da Espanha, Vicente del Bosque, tentou adotar um discurso positivista, sem criticar seus comandados e mantendo a esperança de conseguir a recuperação dentro da Copa do Mundo.

“É preciso reconhecer os erros, mas todos (os jogadores) lutaram por um melhor resultado. Sei que é um momento muito delicado para nós, mas um atleta nunca pode se entregar. Internamente, temos que tentar solucionar os problemas para buscar a vitória no próximo jogo, contra o Chile”, comentou o treinador ao canal espanhol “Tele 5” no gramado da Arena Fonte Nova.

Na opinião de Del Bosque, o jogo poderia ter sido diferente se a a Espanha tivesse aproveitado algumas chances de gol que teve quando ainda vencia por 1 a 0. “É esporte. Perdemos. É preciso aceitar a derrota, nada mais. Eles foram melhores no segundo tempo. No primeiro, dominamos e até tivemos chance de fazer 2 a 0 com o (David) Silva, e imediatamente sofremos o empate”, lamentou.