Del Nero pressiona arbitragem para não errar contra o Palmeiras, diz sindicato

  • Por Estadão Conteúdo
  • 08/11/2016 10h57
RIO DE JANEIRO, RJ, 22.10.2015 - FUTEBOL-RJ - O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, durante a convocação da Seleção Brasileira de futebol para enfrentar a Argentina e o Peru pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia de 2018 na sede da CBF, na Barra da Tijuca, zona oeste, nesta quinta-feira (22). (Foto: João Mattos / Brazil Photo Press/Folhapress)Del Nero apresentou sua renúncia ao Comitê Executivo da Fifa

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Arbitragem Esportiva do Rio de Janeiro, Marçal Mendes, afirmou que árbitros são pressionados pelo presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, para que não cometam erros em jogos do Palmeiras, líder do Brasileirão. 

Segundo ele, a pressão é feita porque o dirigente é conselheiro vitalício e sócio benemérito do Palmeiras. As afirmações foram feitas em audiência pública do Ministério Público do Trabalho, no Rio de Janeiro. 

Os erros de arbitragem têm sido recorrentes nesta edição do Brasileiro. O Palmeiras costuma enviar documentos e vídeos à CBF quando se sente prejudicado. No último mês, a diretoria palmeirense chegou a convocar uma entrevista coletiva para questionar a pressão do Flamengo. O time rubro-negro, por sua vez, reclama de benefícios ao time paulista. 

O Ministério Público do Trabalho ainda não se pronunciou sobre eventuais providências a respeito das críticas de Mendes. Por meio de sua assessoria, o Palmeiras informou que não vai se posicionar.