Del Potro segue escalada no ranking mundial da ATP; Brasileiros sobem

  • Por EFE
  • 24/10/2016 10h15

Último título de Del Potro foi em janeiro de 2014

Último título de Del Potro foi em janeiro de 2014

Medalhista de prata dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o argentino Juan Martín del Potro segue escalada no ranking mundial de tênis, em que conseguiu subir 21 posições nesta segunda-feira, dia de ascensão para os três primeiros do Brasil na classificação da ATP.

“Delpo” saltou para a 42ª colocação depois de conquistar o título do ATP 250 de Estocolmo, na Suécia, ao vencer o americano Jack Sock por 2 sets a 0, com parciais de 7-5 e 6-1. Esse foi o primeiro troféu erguido pelo argentino em 33 meses, depois de sofrer uma série de lesões.

Vale lembrar que, no início do ano, depois d descarte de pontos, Del Potro chegou a cair para a 1.045ª posição na classificação da ATP.

O ranking segue liderado pelo sérvio Novak Djokovic, que não entrou em quadra na última semana – e também não disputará torneios nesta -, seguido pelo britânico Andy Murray. Ambos, que têm larga vantagem para os principais perseguidores, encabeçados pelo suíço Stan Wawrinka.

Entre os brasileiros, o destaque no ranking foi Thiago Monteiro, que alcançou o 80º lugar, o melhor posto da carreira, ao chegar às semifinais do Challenger de Santiago, no Chile. Algoz do número 2 do Brasil, Rogério Dutra Silva, acabou com o vice e também subiu, para a 105ª colocação.

O primeiro colocado do país segue sendo o paulista Thomaz Bellucci, outro que conseguiu ascensão no ranking mundial, subindo para a 58ª posição, depois de ter alcançado as quartas de final do ATP 250 de Moscou, na Rússia.

Confira os dez primeiros colocados e os melhores brasileiros do ranking da ATP:

1. Novak Djokovic (SER): 12.900 pontos
2. Andy Murray (GBR): 10.485
3. Stan Wawrinka (SUI): 5.820
4. Milos Raonic (CAN): 4.690
5. Kei Nishikori (JAP): 4.650
6. Rafael Nadal (ESP): 4.380
7. Roger Federer (SUI): 3.720
8. Gael Monfils (FRA): 3.635
9. Dominic Thiem (AUT): 3.250
10. Tomas Berdych (RTC): 3.060
58. Thomaz Bellucci (BRA): 816
80. Thiago Monteiro (BRA): 687
105. Rogério Dutra Silva (BRA): 559
125. João Souza (BRA): 500
209. Guilherme Clezar (BRA): 253
251. André Ghem (BRA): 208
270. Caio Zampieri (BRA): 191