Delação da Odebrecht vai citar ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2016 13h17
Andrés Sanchez negou que a Odebrecht tenha pago propina a dirigentes corintianos

O nome de Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians e atual deputado federal pelo PT-SP, vai figurar na lista de mais 100 parlamentares citados na deleção de diretores e funcionários da Odebrecht na Operação Lava Jato. 

De acordo com informações exclusivas da repórter Vera Magalhães, da Rádio Jovem PanAndrés foi incluído na proposta de delação de um dos diretores da empreiteira.  

Este diretor afirmou que o ex-presidente do Corinthians recebeu recursos por meio de caixa 2 para a sua campanha a deputado, em 2014.  

A força-tarefa ainda não sabe se o possível repasse fez parte de algum acordo casado com a construção da Arena Corinthians, que foi sede da abertura da última Copa do Mundo. 

Vera Magalhães entrou em contato com Andrés Sanchez. Diante da informação de que será citado na delação da Odebrecht, o ex-presidente corintiano preferiu se reservar. 

Sanchez apenas negou ter recebido recursos da empreiteira e isse que, se for mesmo citado, responderá em juízo.