Delegação uruguaia fica “perplexa” com punição de Suárez e diz que apelará

  • Por Agencia EFE
  • 26/06/2014 13h49
This combo of 2 photos shows Italy's defender Giorgio Chiellini (L) showing an apparent bitemark and Uruguay forward Luis Suarez (R) holding his teeth after the incident during the Group D football match between Italy and Uruguay at the Dunas Arena in Natal during the 2014 FIFA World Cup on June 24, 2014. Uruguay won the match 1-0. Uruguay star Luis Suarez faces expulsion from the World Cup for biting another player as FIFA confirmed it had opened disciplinary proceedings against him on on June 25, 2014. Suarez, banned twice before for biting opponents, appeared to sink his teeth into defender Giorgio Chiellini during Uruguay's 1-0 win over Italy. AFP PHOTO/ YASUYOSHI CHIBA / DANIEL GARCIA AFP Giorgio Chiellini e Luis Suárez - Itália x Uruguai - Mordida

A delegação do Uruguai que participa da Copa do Mundo ficou “perplexa” pela suspensão de nove partidas aplicada nesta quinta-feira a Luis Suárez por parte da Fifa e “apelará”, disse à Agência Efe Roberta Pastoriza, integrante do Comitê Executivo (governo) da Associação Uruguaia de Futebol (AUF).

“Recebemos a notícia com perplexidade. O Comitê de Disciplina da Fifa atuou por convicção sem ter imagens ou documentos que aprovem sua decisão”, disse Pastoriza, que é além disso secretário de seleções da AUF.

Na opinião da diretora, o ocorrido “deixa um antecedente muito perigoso para o futebol de todo o Mundo” e, além disso, “coloca em dúvida a transparência do esporte”.

“Para as jogadas dentro de campo, a Fifa leva em conta cada vez mais a tecnologia, e parece correto, e para uma decisão tão dura atua por convicção, sem imagens. É muito preocupante”, afirmou Pastoriza à Efe em declarações telefônicas desde Natal, onde a seleção uruguaia treina antes de viajar nesta tarde para o Rio de Janeiro.

Os uruguaios enfrentarão no dia 28 de junho a seleção da Colômbia no estádio Maracanã, em partida correspondente às oitavas de final da Copa do Mundo.

“Para o elenco celeste a notícia da sanção de Luis foi um golpe muito duro”, destacou o diretor.

“Confio que a dor e a impotência que hoje sentimos se transforme em uma maior rebeldia da equipe para a próxima partida”, acrescentou.

O Uruguai venceu a Itália por 1 a 0 na Arena das Dunas de Natal na última rodada do Grupo D, avançou para as oitavas de final e de quebra eliminou os italianos do torneio.

Perto do final da partida e com o marcador em 0 a 0, resultado que classificava a Itália, Suárez e o italiano Giorgio Chiellini trombaram dentro da área e ambos caíram no campo.

Na opinião do organismo ficou provado que o atacante uruguaio mordeu o ombro esquerdo de Chiellini durante o choque.

A Comissão Disciplinar da Fifa decidiu sancionar com 9 partidas Luis Suárez e inabilitá-lo durante quatro meses de “exercer qualquer classe de atividade relacionada com o futebol”.

O comunicado da Comissão Disciplinar da Fifa considera “culpado o jogador Luis Suárez de ter violado o art. 48 do Código Disciplinar da Fifa (DF) ao agredir outro jogador, e o art. 57 do CDF por ter cometido uma ofensa à esportividade contra outro jogador”.

A sanção o proíbe, além disso, durante quatro meses “de exercer qualquer classe de atividade relacionada com o futebol (administrativa, esportiva ou de outra classe)”.

Além disso, foi imposta uma multa que chega a 100 mil francos suíços (US$ 111,7 mil).

A AUF apelará da decisão, mas essa medida só tem efeitos para atrasar o pagamento da multa e, eventualmente, se for aceita reduzir a sanção.

 

Quem será o craque da Copa? Tuíte o nome do seu jogador preferido acompanhado de #CraqueJP