Della Monica relembra lado torcedor na Copa Rio e lamenta “gafe” em 2007

  • Por Fredy Junior
  • 14/08/2014 14h48
Futebol: o presidente do Palmeiras, Affonso della Monica, ergue taça da Copa Rio conquistada pela equipe em 1951 durante entrevista coletiva, no estádio do Parque Antarctica, em São Paulo, SP. A FIFA homologou o título, que ganhou status de Mundial de Interclubes. (São Paulo, SP, 30.03.2007. Foto de Fernando Santos/Folhapress)Ex-presidente do Palmeiras

Afonso Della Monica teve a honra de ser presidente do palmeiras entre 2005 e 2008, mas as melhores memórias que o dirigente tem do clube pelo qual dedicou a sua vida vem ainda de sua juventude, quando conseguiu acompanhar todas as partidas da Copa Rio, disputada em 1951 e que foi reconhecida oficialmente pela Fifa como campeonato mundial.

“Com certeza o maior momento foi a Conquista da Copa Rio, porque eu assisti todas as partidas não só em São Paulo como também no Rio de janeiro, inclusive a final. Para mim foi um legítimo campeonato mundial”, disse Della Monica.

“Foi uma vitória estrondosa e a maior emoção que eu senti dentro da Sociedade Esportiva Palmeiras”, completou.

Foi inclusive na gestão dele que o reconhecimento oficial da Fifa foi pela primeira vez mencionado. Em 2007, Della Monica chegou a exibir publicamente um documento que comprovava o reconhecimento do torneio, mas a decisão foi revogada pela entidade máxima do futebol brasileiro, fato lamentando pelo ex-presidente.

“Na minha gestão foi comunicado pelo presidente Ricardo Teixeira e pelo Marco Polo que o Palmeiras tinha sido reconhecido campeão do mundo. Inclusive recebemos um ofício do secretário da Fifa, mas infelizmente o Blatter, que estava voltando de férias, cancelou o que foi feito anteriormente”, relembrou o mandatário.