Depois de 23 anos, Brasil fica fora das semifinais da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2014 08h35
Cruzeiro empata com San Lorenzo e é eliminado da Libertadores

A eliminação do Cruzeiro nas quartas-de-final diante do San Lorenzo sacramentou a pior edição da Copa Libertadores para os clubes brasileiros na história recente. Após as três inéditas eliminações na primeira fase [Flamengo, Botafogo e Atlético-PR cairam aidna na fase de grupos], o Brasil não terá um representante nas semifinais, fato que não acontece desde 1991.O fiasco tupiniquim também quebra a série de títulos do país que vinha desde 2010 com Internacional, Santos, Corinthians e Atlético-MG, em sequência. Um quinto título consecutivo seria uma marca inédita na história do futebol pentacampeão mundial.

Em 1991, o Flamengo foi o único time a chegar às quartas-de-final, mas sucumbiu diante do Boca Juniors. O campeão daquela edição seria o Colo-Colo, do Chile. A partir do ano seguinte, os brasileiros foram a todas as semifinais e apenas em três edições (1996, 2001 e 2004) ficaram de fora da grande final. 

Em caso de um tricampeonado do Cruzeiro, o Brasil chegaria ao quinto título consecutivo e superaria a marca argentina de quatro títulos seguidos. Além disso, os “hermanos” também mantiveram o bom retrospecto diante dos brasileiros. Em 170 jogos entre times dos dois países na Libertadores, são 71 vitórias albicelestes, 67 verde-amarelas e 62 empates. Nas fase eliminatórias, o país de Maradona também leva vantagem sobre o Brasil. São 27 eliminações argentinas contra 20 brasileiras.

O San Lorenzo ainda terá a oportunidade de colocar a Argentina ainda mais a frente no ranking de títulos da Libertadores. Atualmente, o país tem 22 conquistas contra 18 brasileiras, oito uruguaias, três paraguaias, duas colombianas, uma chilena e uma equatoriana.

Confira os semifinalistas brasileiros desde 1992:

1992: São Paulo
1993: São Paulo
1994: São Paulo
1995: Grêmio
1996: Grêmio
1997: Cruzeiro
1998: Vasco
1999: Palmeiras
2000: Palmeiras e Corinthians
2001: Palmeiras
2002: São Caetano e Grêmio
2003: Santos 
2004: São Paulo
2005: São Paulo e Atlético-PR
2006: São Paulo e Internacional
2007: Grêmio e Santos
2008: Fluminense
2009: Cruzeiro e Grêmio
2010: São Paulo e Internacional
2011: Santos
2012: Corinthians e Santos
2013: Atlético-MG