Depois de rescindir com o São Paulo, Michel Bastos negocia com o Palmeiras

  • Por Estadão Conteúdo
  • 28/12/2016 19h09

Michel Bastos estava fora há duas rodadas por conta de um tratamento muscular

Michel Bastos estava fora há duas rodadas por conta de um tratamento muscular

O meia Michel Bastos estará na Libertadores de 2017. A afirmação foi feita pelo empresário do jogador, Emmanuel de Kerchove, na tarde desta quarta-feira. “O Michel Bastos vai disputar a Libertadores no ano que vem. Não posso dizer o Estado onde se localiza a equipe porque acabaria a graça”, disse o agente, bem-humorado, ao canal Fox Sports.

Entre os participantes da Libertadores, apenas Santos, Flamengo e Palmeiras monitoravam o desquite de Michel Bastos com o São Paulo ao longo do segundo semestre. Dos três, só o Palmeiras tem saúde financeira para arcar com os salários da ordem de R$ 300 mil.

Além disso, a reportagem apurou que a família de Michel Bastos quer permanecer em São Paulo, onde os filhos estudam. Por fim, fontes ligadas à diretoria do Palmeiras cravam que o negócio será concluído nos próximos dias, mas deverá ser anunciado apenas no ano que vem. O empresário mencionou o início de janeiro, entre dias 6 e 7.

Michel tem o perfil de jogador que a comissão técnica do Palmeiras procura. É um jogador “cascudo”, com talento e experiência internacional. Ele já adiantou que prefere jogar do meio para a frente, mas que pode, eventualmente, ser escalado na lateral. Na nova configuração que o Palmeiras projeta, ele poderá dividir a criação de jogadas com Guerra, reforço já confirmado pelo Palmeiras.

Para deixar o São Paulo, o jogador abriu mão de cerca de R$ 4 milhões, entre salários e direitos de imagem. Ele desejava deixar o clube em agosto, após a invasão do CT por torcedores uniformizados. Na ocasião, Michel Bastos foi agredido. Naquele momento, o Palmeiras propôs uma troca pelo atacante Rafael Marques, mas o negócio não foi adiante.