Di María, Xabi Alonso e Ricardo Carvalho são denunciados por crimes fiscais

  • Por EFE
  • 07/12/2016 14h43
Xabi Alonso negou que tenha cometido irregularidades fiscais

A Promotoria Provincial de Madri denunciou o argentino Ángel Di María, o espanhol Xabi Alonso e o português Ricardo Carvalho, e está investigando o lateral-esquerdo Fabio Coentrão e o atacante Falcao García, a partir de dados enviados pela Agência Tributária da Espanha sobre o possíveis crimes fiscais.

A identidade dos atletas foi obtida pela Agência Efe junto a fontes do Ministério Público do país europeu.

A Agência Tributária não teria enviado qualquer informação sobre português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, que teria evadido 150 milhões de euros em impostos através de uma sociedade estabelecida nas Ilhas Virgens, segundo informações publicadas na última sexta-feira na edição digital da revista alemã “Der Spiegel”.

Oficialmente, os dados dos jogadores não foram tornados públicos devido medida cautelar adotada pelo juiz de instrução do caso, Arturo Zamarriego, que impede a publicação de dados pessoais, fiscais e financeiros dos envolvidos, que poderiam afetar as investigações que estão em andamento.

Na semana passada, o magistrado chegou a paralisar a paralisar os casos a que a rede de jornalismo investigativo europeia (EIC) pode ter tido acesso, antes de divulgar o nome de vários futebolistas que teriam utilizado empresas em paraísos fiscais para sonegar impostos.