Diretor confirma acerto verbal com Cleiton Xavier e pede ajuda de torcedor palmeirense

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2015 18h50
SP - PAULISTÃO/BRAGANTINO X PALMEIRAS - ESPORTES - O meio-campista Cleiton Xavier, do Palmeiras, comemora seu gol sobre o Bragantino com o companheiro Robert em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Paulista no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, neste domingo (07). 07/02/2010 - Foto: ALEX SILVA/AGÊNCIA ESTADO/AECleiton Xavier desequilibra na retomada do caminho das vitórias do Palmeiras. Vítima da vez foi o Bragantino

Se o torcedor palmeirense achava que as contratações do seu time em 2015 tinham acabado, está enganado. No fim da tarde desta quinta-feira (05), o diretor de futebol Alexandre Mattos confirmou a chegada de mais um reforço, e de peso: o meia Cleiton Xavier tem um acerto verbal e volta ao Palmeiras cinco anos após sua bem sucedida primeira passagem. O atleta deve chegar a São Paulo na manhã de sexta-feira para realizar exames e assinar contrato.

“A partir do momento em que ele está livre para negociar, é um desejo do Palmeiras, do nosso presidente”, afirmou Alexandre Mattos. O “CX10” foi um dos principais jogadores do alviverde em 2009 e 2010, até ser negociado com o Metalist, da Ucrânia. Desde então, o Verdão tentou repatriar o jogador, mas o clube ucraniano sempre fez jogo duro. Contundo, o meia conseguiu a liberação de seu vínculo na Justiça por conta de atrasos no pagamento de seus salários. Cruzeiro e Palmeiras apareceram, então, como principais candidatos a contratá-lo.

Alexandre Mattos também informou que o programa Avanti passará por mudanças. “Queria pedir que o torcedor entenda que reaformulação só acontece pelos esforços do presidente nos últimos dois anos de equacionar e redirecionar a parte financeira e administrativa do clube”, disse o diretor. “Só é possível se torcedor continuar comoprando ideia e chegar a 120, 130 mil sócios e entender que precisamos fazer um reajuste no programa de sócio-torcedor para manter a ordem financeira e administrativa, visando o bem do Palmeiras”.

A amizade com o presidente Paulo Nobre pesou para que Cleiton Xavier escolhesse o Palmeiras. Aos 31 anos, ele tem 88 jogos disputados pelo clube e 16 gols marcados. É mais um meia que chega para dividir com Valdivia a responsabilidade pela criação de jogadas do Verdão – antes dele chegaram Alan Patrick e Robinho.

O diretor palmeirense ainda acrescentou que, apesar do alto número de contratações do clube no inícío da temporada, se um bom nome estiver disponível no mercado não será descartado. “Quantidade e qualidade é o segredo do elenco ser competitivo. Se tiver jogadores de qualidade o Palmeiras vai estar atento”.

O tema Valdúvua também não escapou, e Mattos garantiu que a renovação com o chileno será discutida, mas destacou que “tudo tem seu tempo”. “Precisávamos dar satisfação ao torcedor em relação a situação do Cleiton, mas ainda conversaremos muito sobre este assunto”, finalizou.