Dirigente Tricolor defende Dudu e diz que empresários o “induziram ao erro”

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2015 14h47

Atacante espera definir futuro para saber qua clube defenderá em 2015

Dirigente Tricolor defende Dudu e diz que empresários o “induziram ao erro”

O vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, resolveu sair em defesa do atacante Dudu, em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (9), no CT da Barra Funda. Para o dirigente, os empresários do atleta o induziram a declarar que preferia atuar no Corinthians, dizendo que o Tricolor havia desistido dele.

“Ele sempre disse ao Gustavo (Oliveira, gerente-executivo) que queria jogar no São Paulo. Os empresários, então, o induziram ao erro dizendo que nós havíamos desistido de contratá-lo. Eles mentiram isso. O garoto, ingênuo, sem malícia, deu essa declaração porque não quer voltar para a Ucrânia. Se ele vier, vamos dar um jeito de esclarecer toda essa história para que ele tenha um ambiente bom. Ele está perdido, preocupado com o que pode acontecer se vier para cá. Liguei para ele. Disse para esquecer, mesmo que tenha sido infeliz”, afirmou.

Apesar de alguns veículos de imprensa informarem que o Corinthians desistiu do negócio por considerar o valor muito alto, Guerreiro ainda coloca o rival Alvinegro como favorito para contar com o futebol de Dudu. O cartola confirmou que o Timão deu a melhor proposta, mas ressaltou que caso eles desistam, o jogador já estará certo para jogar pelos lados do Morumbi.

“A situação é a seguinte: a proposta foi aceita pelo Dínamo, mas que tem proposta melhor do Corinthians. Não subirei mais. Se a deles não vingar, somos candidatos. O Corinthians, pela imprensa, estaria desistindo. Falei com o presidente do Dínamo pela manhã e ele não soube de nenhuma mudança”, explicou.

“Se o Corinthians realmente desistir, ele já aceitou a proposta do São Paulo. Aí procuro jogador e empresários para acertar as condições deles. Ainda tenho cautela e não posso dizer mais nada. Se não for mais viável, corro atrás de outro jogador. Não pode ficar com briguinha de São Paulo e Corinthians. As coisas são dinâmicas. Amanhã o rival pode levar a melhor também. E ainda acho que o Dudu está mais para o Corinthians do que para o São Paulo”, completou.