Djokovic arrasa Berdych e vence ATP 500 de Pequim pela quinta vez

  • Por Agencia EFE
  • 05/10/2014 11h58
Djokovic venceu o torneio chinês pela quinta vez seguida

O atual líder do ranking mundial de tênis, Novak Djokovic, não teve dificuldades para vencer Tomas Berdych, sexto do mundo, por 2 sets a 0 (6-0 e 6-2) e conquistar seu quinto título do ATP 500 de Pequim, na China, neste domingo.

Jogando em alto nível, o sérvio só precisou de 66 minutos para derrotar o tcheco na decisão, consolidando seu domínio na etapa chinesa, onde também foi campeão em 2009, 2010, 2012 e 2013.

A vitória era esperada por causa do retrospecto de confrontos entre os dois tenistas, mas não com tanta facilidade. Em 17 partidas, Djokovic venceu Berdych em 15. As maiores vitórias foram conquistadas em Miami, em 2009, por 2 sets a 0 (6-3 e 6-2) e pelo mesmo placar no Masters de Londres de 2010, com um duplo 6-3.

Djokovic vencia por 5-0 no segundo set e poderia aplicar um segundo “pneu” em Berdych, mas acabou vacilando e permitindo uma ligeira recuperação do adversário. Berdych quebrou o serviço do sérvio e conseguiu confirmar seu saque pela primeira vez na sequência.

O líder do ranking mundial ficou perto de um fato histórico, pois nunca um tenista venceu uma final de ATP por um duplo 6-0.

“Foi provavelmente minha melhor atuação em uma final. Tudo o que tentei funcionou. Definitivamente, Pequim me dá sorte”, disse Djokovic ao fim da partida.

Agora, os dois jogadores seguem para Xangai, onde disputam o penúltimo Masters 100 da temporada.

Djokovic defenderá o título do torneio e estreia contra o vencedor da partida entre o tcheco Lukas Rosol e o austríaco Dominique Thiem.