Djokovic estreará contra sul-coreano e pode pegar Federer na semi em Melbourne

  • Por Agência Estado
  • 15/01/2016 10h31
Campeão em 2015

Atual campeão do Aberto da Austrália, o sérvio Novak Djokovic terá pela frente o sul-coreano Hyeon Chung, 51º colocado do ranking da ATP, na sua estreia no primeiro Grand Slam da temporada, disputado em Melbourne. Foi o que determinou sorteio realizado nesta sexta-feira, que também definiu o suíço Roger Federer como potencial adversário nas semifinais. 

O duelo com Chung será inédito. E em caso de vitória, Djokovic vai encarar o croata Ivan Dodig ou o francês Quentin Halvs, convidado da organização como adversário seguinte. Já na terceira rodada, o seu oponente poderá ser o italiano Andreas Seppi, 28º cabeça de chave, que derrubou Federer nessa mesma rodada em 2015 no Aberto da Austrália e vai estrear em Melbourne diante do russo Teymuraz Gabashvili.

Nas oitavas de final, o sorteio indicou possíveis confrontos de Djokovic com o croata Ivo Karlovic (22º cabeça de chave e que estreará diante do argentino Federico Delbonis) ou com o francês Gilles Simon (14º pré-classificado e que pegará o canadense Vasek Pospisil na primeira rodada).

Na fase seguinte, Djokovic poderá ter pela frente o japonês Kei Nishikori (sétimo favorito e que estreará contra o alemão Philipp Kohlschreiber) ou o francês Jo-Wilfried Tsonga (nono cabeça de chave e que duelará com o cipriota Marcos Baghdatis na primeira rodada).

Nas semifinais, o número 1 do mundo, pode ter que enfrentar o checo Tomas Berdych (sexto cabeça de chave e que fará sua estreia contra o indiano Yuki Bhambri) ou Federer. O suíço, cabeça de chave número 3 do Aberto da Austrália, fará um duelo inédito com o georgiano Nikoloz Basilashvili, 117º colocado no ranking, na primeira rodada em Melbourne. 

Depois, Federer vai encarar o vencedor do confronto entre o ucraniano Alexandr Dolgopolov e o lituano Ricardas Berankis. Na terceira rodada, o suíço poderá medir forças com o búlgaro Grigor Dimitrov, 27º cabeça de chave, que fará sua estreia diante do italiano Paolo Lorenzi.

Nas oitavas de final, Federer pode duelar com o austríaco Dominic Thiem, 19º pré-classificado e que cruzará com o argentino Leonardo Mayer na primeira rodada, ou o belga David Goffin, 16º favorito, que estreará diante do ucraniano Sergyi Stakhovsky. Depois, Federer poderá encarar Berdych ou o croata Marin Cilic, 12º cabeça de chave e oponente de estreia do holandês Thiemo De Bakker. 

Quem escapou de duelar com Djokovic e Federer antes da final foi o espanhol Rafael Nadal, número 5 do mundo. Ele vai estrear em Melbourne diante do compatriota Fernando Verdasco, 47º colocado no ranking. Nadal lidera o confronto direto por 14 a 2, incluindo uma vitória marcante nas semifinais do Aberto da Austrália de 2009, vencida em cinco sets.

Na segunda rodada, Nadal vai enfrentar o alemão Benjamin Becker ou o israelense Dudi Sela. Depois, ele poderá se encontrar com o francês Jeremy Chardy ou o letão Ernests Gulbis. O sul-africano Kevin Anderson e o francês Gael Monfils são potenciais adversários nas oitavas de final. 

Depois, nas quartas de final, Nadal poderá ter pela frente o canadense Milos Raonic, campeão em Brisbane na última semana com vitória sobre Federer, ou o suíço Stan Wawrinka, em uma reedição da final da edição de 2014 do Aberto da Austrália. Número 4 do mundo, Wawrinka vai estrear diante do russo Dmitry Tursunov. 

Já nas semifinais, Nadal poderá medir forças com o britânico Andy Murray. O número 2 do mundo vai estrear em Melbourne, onde foi vice-campeão no ano passado, contra o alemão Alexander Zverev. O seu adversário mais complicado até as semifinais deverá ser o espanhol David Ferrer, número 8 do mundo, nas quartas de final. 

BELLUCCI – Número 37 do mundo, o brasileiro Thomaz Bellucci perdeu na estreia nos torneios de preparação para o Aberto da Austrália, mas não deve ter tantas dificuldades na sua estreia em Melbourne. Afinal, o sorteio desta sexta-feira apontou o australiano Jordan Thompson, número 149 do mundo, como seu adversário na primeira rodada. 

Caso avance, o adversário de Bellucci na segunda rodada sairá do duelo entre o norte-americano Steve Johnson, cabeça de chave número 31, e o britânico Aljaz Bedene. Se vencer mais uma vez, o brasileiro, que nunca passou da segunda rodada em Melbourne, poderá ter pela frente Ferrer, que o eliminou logo na estreia no Aberto da Austrália de 2015.