Djokovic, Federer e duplistas brasileiros vencem

  • Por Agência EFE
  • 28/05/2014 19h15

O sérvio Novak Djokovic venceu mais uma em Roland Garros

Novak Djokovic joga em Roland Garros

O sérvio Novak Djokovic e o suíço Roger Federer chegaram com facilidade à terceira rodada do Roland Garros nesta quarta-feira, dia também marcado pelas vitórias dos brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo na disputa por duplas e a surpreendente eliminação da americana Serena Williams, número um do mundo.

O torneio masculino viveu hoje uma rodada lógica, com os grandes favoritos ganhando tranquilamente seus jogos. Só o tcheco Tomas Berdych tomou um susto diante do cazaque Aleksandr Nedovyesov, que o obrigou a vencer de virada por 3 sets a 1, com parciais de 6/7(4), 6/4, 7/5 e 6/3. O próximo adversário do sexto cabeça de chave será o espanhol Roberto Bautista Agut, que o derrotou em dois de três duelos, o último deles neste ano em Indian Wells.

Na corrida de economia de energias que parece manter a distância com o espanhol Rafael Nadal, Djokovic não teve problemas para bater o francês Jérémy Chardy por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/2.

Para chegar às oitavas de final, o segundo colocado no ranking da ATP terá que passar pelo croata Marin Cilic (26º), que não venceu nenhum dos oito confrontos diretos.

Cilic chegou à terceira rodada após derrotar o alemão Tobias Kamke por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6, 6/3 e 6/0.

Federer, por sua vez, foi o primeiro tenista a somar 60 vitórias em um mesmo torneio do Grand Slam. A vítima desta vez foi o argentino Diego Schwartzman, derrotado por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4. Na próxima fase, o suíço pegará o russo Dimitry Tursunov, número 32 do mundo, um jogador perigoso, apesar de ter ganhado apenas um set nas quatro vezes em que enfrentou o suíço.

Também estarão na terceira rodada o canadense Milos Roanic e o letão Ernests Gulbis, os dois últimos representantes da nova geração que pede passagem.

Na disputa masculina por duplas, os brasileiros se deram bem. Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya se classificaram para a segunda rodada ao baterem o uzbeque Denis Istomin e o tcheco Lukas Rosol por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Por sua vez, Marcelo Melo e o israelense Jonathan Erlich derrotaram o tcheco Frantisek Cermak e o russo Mikhail Elgin por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 7/6(1) e 7/6(4).

Já entre as mulheres, mais uma grande favorita foi precocemente eliminada. Depois da chinesa Na Li, segunda melhor do mundo, cair em seu jogo de estreia, a número um Serena Williams foi derrotada pela espanhola Garbine Muguruza por 2 sets a 0, com um duplo 6/2.

Assim, a americana atual campeã de Roland Garros deu adeus ao sonho de conquistar o tricampeonato neste ano.

O quadro feminino fica agora teoricamente mais fácil para Maria Sharapova, ganhadora em 2012, finalista no ano passado e que venceu a búlgara Tsvetana Pironkova por 2 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/2. Outra favorita que permanece na disputa é a terceira cabeça de chave, a polonesa Agnieszka Radwanska, que derrotou sem problemas a tcheca Karolina Pliskova por 2 sets a 0, com um duplo 6/3.

Outra sensação é a americana Taylor Townsend, de 18 anos, campeã júnior do Aberto da Austrália em 2012. A tenista se tornou a mais jovem a chegar à terceira rodada de Roland Garros desde 2009 ao superar a francesa Alize Cornet por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6, 6/4.