Dolgopolov pede paz na Ucrânia em discurso de vice-campeão do Rio Open

  • Por Agencia EFE
  • 23/02/2014 20h23
Alexandr Dolgopolov foi vice campeão no Rio Open e pediu paz na Ucrânia

Além de ter jogado com uma fita preta no lado esquerdo do peito em forma de luto pelos incidentes recentes na Ucrânia, o tenista Alexandr Dolgopolov disse neste domingo, durante o discurso feito após ter recebido o troféu de vice-campeão do Rio Open, que espera que a paz volte a seu país o quanto antes.

“Gostaria de dizer algumas palavras manifestando apoio ao meu país. Tivemos sérios problemas e tenho esperança de que haverá paz por lá como havia quando saí, há alguns meses. Espero que tudo fique bem e que as pessoas vivam felizes”, declarou Dolgopolov, que foi aplaudido de pé pelo público na quadra central do complexo montado no Jockey Club, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro.

O vice-campeão teve o apoio do vencedor do torneio, o espanhol Rafael Nadal, que já abriu sua fala pedindo paz após os protestos que deixaram dezenas de mortos na Ucrânia e causaram a queda do presidente Viktor Yanukovich.

“Quero parabenizar Dolgopolov pelo bom trabalho e desejar o melhor para seu país. As coisas não estão boas na Ucrânia, e espero que sejam solucionadas rapidamente”, declarou Nadal.