Dorival Júnior admite que derrota é “difícil de explicar” e projeta sequência

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2014 20h02

O técnico Dorival Júnior procurou não justificar a derrota e já mira difícil sequência no Brasileirão

Dorival Júnior

Depois de três triunfos consecutivos no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras voltou a ser derrotado, na tarde deste domingo (19), quando perdeu para o Santos pelo placar de 3 a 1. Mesmo com o revés, o técnico Dorival Júnior, após o término do embate, viu méritos na atuação de seus comandados.

“Quando você sofre uma derrota, é natural que procure um entendimento de tudo o que aconteceu. Sem tirar os méritos do Santos, mas o Palmeiras vinha tendo uma participação efetiva na partida, tinha o domínio do jogo. Não deixamos que o Santos tomasse gosto pela partida. Mas, de repente, tomamos dois gols iguais em jogadas parecidas. É difícil explicar”, disse o técnico. “O Palmeiras vinha evoluindo, e esperávamos que tivéssemos uma partida à altura daquilo que vínhamos apresentando. Saímos daqui com um gosto amargo em razão de tudo que vínhamos preparando e poderíamos realizar durante os 90 minutos”, prosseguiu.

Dorival ressaltou que os dois gols sofridos na etapa inicial, com pouco tempo de intervalo entre um e outro, derrubaram um pouco do ânimo do Palmeiras.

“Quando a equipe veio para o vestiário, ela estava meio cabisbaixa por causa do que aconteceu no primeiro tempo. Criamos, chegamos ao gol do Santos, mas não conseguimos finalizar. É natural que a equipe tenha descido cabisbaixa. E depois, quando saiu o terceiro gol, tirou qualquer possibilidade de reação. O Palmeiras poderia ter uma melhor sorte”, observou.

Já projetando a dura sequência de jogos que o Verdão terá pela frente no Campeonato Brasileiro, o treinador fez um alerta para a equipe.

“Não vejo jogo fácil, a sequência é igual para todos. No Brasileiro, não tem como mensurar se o próximo jogo será mais difícil ou mais fácil do que o anterior. O Palmeiras pode conseguir um bom resultado em Belo Horizonte. Não podemos abaixar a cabeça e achar que tudo o que construímos foi por água abaixo”, finalizou Dorival, já falando sobre a partida contra o Cruzeiro, no Mineirão, que será nesta quarta-feira (22), às 19h30 (de Brasília).

Além do Cruzeiro, o Palmeiras terá pela frente Corinthians (31ª rodada), Bahia (32ª rodada), Atlético-MG (33ª rodada) e São Paulo (34ª rodada).