Douglas relembra conquista do Mundial de futsal de 1982 e elogia Falcão

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2015 15h28

Douglas (primeiro à esq.) é considerado por Falcão seu pai no futsal

Douglas

Um dos grandes nomes do futsal brasileiro em todos os tempos, Douglas Pierrotti conversou com a Rádio Jovem Pan, em entrevista exclusiva, e relembrou grandes momentos seus no esporte.

O profissional, que atualmente faz parte da comissão técnica do Futsal Brasil Kirin, de Sorocaba (SP), atual campeão da Liga Futsal e da Liga Paulista, relembra do título mundial conquistado com a Seleção Brasileira, em 1982, quando os brasileiros derrotaram o Paraguai, na decisão, por 1 a 0.

“A nossa equipe era muito forte, a gente tinha um time muito competitivo”, disse Douglas, relembrando a conquista tão emblemática para o futebol de salão (nome do esporte na época).

Sobre a extinção da Fifusa (entidade então responsável pelo futebol de salão) e o controle do esporte passando para as mãos da Fifa, Douglas Pierrotti não sabe dizer se a mudança foi positiva.

“Não sei. O sonho nosso sempre foi as Olimpíadas. Mas aqui no Brasil não conseguimos colocar o futsal nos Jogos Olímpicos e eu achei um absurdo. Acho que a melhor coisa para o futebol de salão seria jogar as Olimpíadas de Inverno. Porque seria em um ginásio fechado, nós não temos muito esporte de visibilidade. Seria uma boa sugestão”, declarou.

Por fim, o ex-craque também falou sobre Falcão, que inclusive já declarou que considera Douglas o seu pai no futsal.

“Eu tive a oportunidade de jogar com ele no Corinthians, eu já com 35 anos e ele bem novinho, era o último ano dele no juvenil. Eu sempre falei muito bem do Falcão e sabia que ele tinha esse potencial. Ele sempre reconheceu que eu o ajudei, mas o importante foi o que ele foi. Fico muito contente, porque tive uns momentos ruins, de voltar da Itália, e infelizmente o reconhecimento é difícil. Tenho mais oportunidades de trabalhar como treinador na Itália do que aqui no Brasil, por incrível que pareça, e sempre que eu precisei eu recorri ao Falcão e ele me estendeu a mão. Estamos juntos há um bom tempo”, finalizou Douglas.