Duelo desta quarta, Brasil x Colômbia poderia ter mudado a história da Copa

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2015 10h02
Na Copa do Mundo 2014

Líder do Grupo C com três pontos, a Seleção Brasileira encara a Colômbia, nesta quarta-feira (17), para tentar consolidar a classificação rumo as quartas de final da Copa América 2015. Após estreia com vitória sofrida por 2 a 1 sobre o Peru no último domingo (14), o time de Dunga enfrentará o adversário, em tese, mais qualificado de sua chave e que chega precisando vencer, já que estreou com derrota para a Venezuela.

O duelo contra os colombianos acontece pouco menos de um ano após o encontro entre as duas equipes pela Copa do Mundo de 2014. O jogo válido pelas quartas de final da Copa foi um divisor de águas na trajetória brasileira na competição, selou a classificação canarinho para as semifinais e colocou o time, então comandado por Felipão, diante da poderosa Alemanha. A sequência da história todo o mundo conhece.

A partida contra a Colômbia na Copa de 2014, que se repete às 21h desta quarta, no estádio Monumental, em Santiago, no Chile, poderia ter mudado a trajetória brasileira no Mundial. Alguns fatores poderiam fazer com que o Brasil chegasse em melhores condições para enfrentar os alemães ou, talvez, nem chegasse, e a tragédia do futebol verde amarelo no Mineirão não seria vivida.

Lesão de Neymar: principal jogador da Seleção, Neymar foi obrigado a se retirar da Copa do Mundo após lesão sofrida contra a Colômbia, depois de joelhada de Zuñiga, aos 41 minutos do segundo tempo, que fraturou sua terceira vértebra lombar. Se o craque brasileiro não tivesse se machucado contra os colombianos, talvez muita coisa fosse diferente no time brasileiro que disputou as semifinais.

O cartão de Thiago Silva: capitão da Seleção durante a Copa, Thiago Silva levou um cartão infantil na partida contra a Colômbia, seu segundo amarelo na competição, fato que o tirou da semifinal. Se o principal zagueiro da equipe não tentasse impedir a reposição de bola do goleiro rival, aos 33 do segundo tempo, talvez ajudasse no trágico jogo diante da Alemanha.

Gol anulado da Colômbia: no segundo tempo da partida, a Colômbia melhorava no jogo, aos 20 minutos da segunda etapa, depois de um bate e rebate na área, Yepes empurrou a bola para o gol. Seria o empate colombiano, não fosse o impedimento marcado pela arbitragem. O gol foi bem anulado, mas um erro da arbitragem naquele momento poderia mudar a história brasileira.

A curva de David Luiz: logo após o gol anulado da Colômbia, David Luiz fez o segundo gol brasileiro. No momento em que a Colômbia era melhor no jogo, uma curva impressionante enganou o goleiro Ospina e o forte chute do zagueiro canarinho foi no ângulo. E se a curva da bomba de David Luiz fosse maior e a bola fosse para fora?

Melhor partida na Copa: o jogo diante da Colômbia foi o melhor da Seleção Brasileira na Copa do Mundo. Embora tenha sofrido em alguns momentos, o time de Felipão foi superior. A vitória levantou a moral da equipe que vinha desgastada emocionalmente do jogo contra o Chile. Jogar bem contra a Colômbia colocou o Brasil em um nível que ainda não tinha alcançado e fez acreditar que poderia enfrentar os fortes alemães de igual para igual.