Dunga acena com “repetição” de escalação do Brasil contra os Estados Unidos

  • Por Lancepress
  • 05/09/2015 21h24
RIO DE JANEIRO, RJ, 13.08.2015 - SELEÇÃO-BRASILEIRA - O técnico Dunga convoca os jogadores da seleção brasileira para os amistosos contra a Costa Rica e os Estados Unidos, nos dias 5 e 8 de setembro, respectivamente. A convocação ocorreu na sede da Confederação Brasileira de Futebol, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, nesta quinta-feira, 13. (Foto: Gustavo Serebrenick/Brazil Photo Press/Folhapress)Dunga celebrou os resultados positivos da Seleção em dois amistosos realizados nos EUA

O técnico Dunga indicou que a torcida canarinho tem chances de rever a formação usada pela Seleção Brasileira neste sábado, em Nova Jersey, mais uma vez. Em entrevista logo após a vitória por 1 a 0, o técnico Dunga acenou que dará mais tempo para o entrosamento dos titulares, visando a preparação para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

“Todos os jogadores que entraram foram muito bem. Temos que melhorar, pois é normal com poucos treinamentos”, disse. Questionado sobre a chance de Kaká iniciar o amistoso contra os Estados Unidos, o técnico deu uma resposta enigmática. “Certo não tem ninguém. Tem que aproveitar a oportunidade. Todos entraram e fizeram o que foi pedido”, analisou.

Dunga apontou que a Seleção Brasileira teve uma boa atuação em sua atuação contra em Nova Jersey. E mostrou-se despreocupado quanto à oscilação de rendimento em alguns momentos:
– È normal depois de muito tempo. Não podemos esperar fazer uma partida perfeita, mas jogamos bem.

Já a presença de Neymar deve ser vista por mais tempo contra os Estados Unidos. Porém, Dunga acenou que ele deve iniciar a partida entre os reservas: – A nossa ideia é utilizá-lo por mais tempo (em uma partida), mas temos que pensar nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Temos que dar novas oportunidades para novos jogadores.

O Brasil voltará aos treinos já neste domingo, em Foxboro, local do amistoso com os Estados Unidos. O confronto acontecerá às 21h30 (de Brasília).