Dunga explica convocação de “chineses”, e destaca: “cobrança será diferente”

  • Por Jovem Pan
  • 03/03/2016 11h45
Dunga destacou que jogadores que atuam na China serão mais cobrados que outros

O técnico Dunga surpreendeu na convocação da Seleção Brasileira que disputará duas partidas das Eliminatórias no final de março, e manteve as convocações dos ex-corintianos Gil e Renato Augusto, que se transferiram para o futebol chinês no início do ano. Em coletiva após a convocação nesta quinta-feira (3), o treinador mostrou que está de olhos nos “chineses”, e destacou que a cobrança em cima deles será maior do que em qualquer outro jogador.

“É uma situação de mercado. Logo de início, nós tínhamos preocupação com a Europa, depois a Rússia, agora a China. Vai depender dos jogadores. Eles sabem que tem que fazer algo diferente, pensando em termos de competitividade”, disse.

“Eles vão ter que conviver com a cobrança, porque, se o jogador cometer um erro, vão analisar diferente do que acontece com o jogador da Europa. Ele jogando nesse tipo de mercado, vai ter que estar preparado para um tipo de crítica específico. Vai ter que fazer algo a mais, chegar um ou dois dias antes para jogar em alto nível”, explicou o treinador da Seleção que valorizou o bom desempenho de Gil e Renato Augusto em 2015.

“Tenho que tomar essas decisões sempre. Não podemos esquecer que eles tiveram desempenho alto no último Brasileirão, tiveram desempenho muito bom na última convocação. Seria injusto não chamá-los. Agora vai depender deles. A coerência da comissão técnica falou mais alto”, completou.

Dunga também comentou o retorno do meia Philippe Coutinho que retorna ao time após perder convocações por lesões, e também a manutenção de Kaká que, mesmo em pré-temporada, foi convocado.

“A gente traz um jogador mais novo, um de idade intermediaria e um mais velho. Coutinho está retornando. Kaká tem mais experiência, mais liderança. Nos últimos jogos, ele contribuiu muito conosco, assim como os demais jogadores. Por isso, demos mais uma oportunidade para ele”, disse.

Destaque do futebol europeu nesta temporada, o atacante Jonas era esperado na convocação, mas foi preterido por Dunga que chamou Ricardo Oliveira para a posição. Sobre o atacante santista, o treinador valorizou o bom desempenho de Ricardo em 2015 e não mostrou preocupação com a idade do camisa 9.

“Eu acho que não precisa falar do destaque que ele teve em 2015 no Brasileirão. Veio à Seleção, teve bom desempenho, cumpriu o seu papel. Logicamente que, com essa questão de transferência, ele ficou sem treinar uns dias. Mas, se ele joga bem no clube e tem bom rendimento na Seleção, tenho que ser coerente. Não tenho nada contra a idade do jogador, só com o desempenho em campo. Temos que mesclar para dar mais tranquilidade ao jovem”, analisou.

Os jogadores convocados vão defender a Seleção brasileira nas partidas contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo. O duelo com o Uruguai está marcado para as 21h45 do dia 25, na Arena Pernambuco. Será válido pela quinta rodada das Eliminatórias. Quatro dias depois, o confronto será no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no mesmo horário.

Com sete pontos, o Brasil é o terceiro colocado na classificação geral das Eliminatórias, atrás de Equador e Uruguai.

Confira a lista completa de convocados:

Goleiros: Alisson (Internacional), Marcelo Grohe (Grêmio), Diego Alves (Valência)

Zagueiros: David Luiz (PSG), Miranda (Inter), Marquinhos (PSG), Gil (Shandong)

Laterais: Danilo (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona), Filipe Luis (Atlético de Madrid), Alex Sandro (Juventus)

Volantes: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Fernandinho (Manchester City), Renato Augusto (Beijing Guoan)

Meias: Philippe Coutino (Liverpool), Oscar (Chelsea), Lucas Lima (Santos), Willian (Chelsea), Kaka (Orlando), Douglas Costa (Bayern de Munique)

Atacantes: Neymar (Barcelona), Hulk (Zenit), Ricardo Oliveira (Santos)