Edinho, ex-goleiro do Santos, é solto após passar uma semana na prisão

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2014 17h57

Ex-goleiro do SantosEdinho

Ex-goleiro do Santos, Edinho foi libertado no início da tarde desta terça-feira (15), depois de ficar preso por uma semana. Segundo informação de A Tribuna de Santos, ele seria solto com utilização de equipamento para monitoração eletrônica, mas a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) não determinou o uso, já que as pulseiras ou tornozeleiras é somente para presos com pena em regime semiaberto e não para regime fechado, como é o caso de Edinho.

Ao deixar a penitenciária, Edinho, que é filho do Pelé, se disse esperançoso. “Na Justiça eu confio. A mesma que me condena é a que vai me absolver. Hoje, vou descansar, passar o dia com a minha família para amanhã voltar aos trabalhos no Centro de Treinamento (do Santos). Vou voltar à rotina normal”, declarou.

A juíza Suzana Pereira da Silva, da 1ª Vara Criminal de Praia Grande, condenou Edinho e mais quatro pessoas a 33 anos e quatro meses de prisão por conta de lavagem de dinheiro oriundo de tráfico de entorpecentes.

Depois da condenação, a juíza deu a possibilidade de Edinho recorrer da sentença em liberdade, desde que ele entregasse seu passaporte. Entretanto, a exigência não foi cumprida, já que o ex-jogador alegou que perdeu o documento. Assim, a juíza considerou a justificativa “inverossímil” e decretou a prisão preventiva do réu.