Edu Gaspar reafirma esforço por Elias e não descarta saída de Sheik

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2014 13h35
RIO DE JANEIRO, RJ, 06.11.2013: COPA DO BRASIL/FLAMENGO x GOIÁS - Gol de Elias - Partida entre Flamengo x Goiás , valida pelo jogo de volta da Copa do Brasil, realizado no Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro. (Foto: Ide Gomes/Frame/Folhapress)Elias foi o grande destaque do Flamengo na semifinal da Copa do Brasil

Após eliminação precoce do Corinthians no Campeonato Paulista, o alvinegro ficará cerca de um mês sem atuar esperando o início do Campeonato Brasileiro. Durante este período, a diretoria do clube trabalhará bastante para reforçar o elenco, sanando suas maiores necessidades. Quem garante isso é o próprio diretor de futebol Edu Gaspar que, em entrevista exclusiva à Jovem Pan, reafirmou que o clube fará todo o esforço para viabilizar o retorno do volante Elias e não descartou uma possível saída de Émerson Sheik, apesar garantir que ainda não chegou nenhuma proposta oficial pelo atacante.

Consciente de que terá de lidar com os inúmeros rumores de contratações até o início do Campeonato Brasileiro, Gaspar comentou a situação da especulação mais citada nos últimos dias: o retorno do volante Elias ao Timão. “A situação do Elias é bastante complicada. A única vantagem que nós temos é pelo fato de o atleta já ter passado pela casa e ter trabalhado com o Mano Menezes. Contudo, existem outros detalhes como a parte financeira e a parte do próprio atleta. Não é uma negociação fácil, apesar de ele ser um grande jogador, que merece todo o esforço. Nós vamos tentar, mas seremos realistas e sem criar grande expectativa em ninguém”, disse.

Na visão do técnico Mano Menezes, seria melhor contar com reforços o quanto antes para integrá-los ao grupo de forma consistente antes mesmo do início do torneio nacional. “Não vou negar que a ideia é que a gente tenha o máximo de atletas possíveis o quanto antes. Mas, não podemos esquecer que a principal janela para transferência, tanto para venda como para comprar, é lá no meio do ano. Temos que ter cautela para realizar as melhores negociações possíveis, acerta nas nossas necessidades, independentemente da pressa e do desejo que temos de ver o elenco pronto o quanto antes”, argumentou o diretor.

Gaspar ainda afirmou que a diretoria trabalhará para agendar partidas amistosas nesse período sem competições oficiais para o clube. “Estamos trabalhando aqui com o intuíto de tentar viabilizar todas as necessidades que nós temos. Em termos de algumas contratações e realização de jogos amistosos. Infelizmente, ainda não posso adiantar nada”, afirmou.

Apesar de adotar a cautela no discurso, o diretor corintiano ressaltou que os mandatários alvinegros se esforçarão para reforçar o elenco, que ainda não correspondeu em 2014. “Precisamos ter paciência e isso não significa que ficaremos parados. Paciência com inteligência para fazer as coisas bem feitas, porque contratar um atleta para vir jogar no Corinthians com expecativa é algo grande”, opinou.

Émerson Sheik

Se Elias é o reforço mais comentado como uma possível chegada, Émerson Sheik é o jogador que mais tem ouvido falar sobre sua saída do clube paulista. Especula-se que Flamengo, Atlético-MG e Botafogo estariam interessados no atacante, fundamental na conquista da Libertadores, em 2012, pelo Corinthians. “É uma atleta que já mostrou muito. Todos sabem o que o jogador pode dar e o histórico títulos dele. Os clubes estão atentos, mas ainda não chegou nada para gente ainda”, garantiu.

O diretor não descartou a saída do atacante, mas comemorou as declarações de seu empresário em favor da permanência de Sheik no clube. “Em uma negociação de um jogador do porte do Émerson, é importante que estejam todos felizes. A partir disso, podemos viabilizar. Mas é importante escutar do empresário e do jogador que eles querem continuar por aqui”, finalizou.

O Corinthians só volta ao gramado, em partidas oficiais, no dia 20 abril diante do Atlético-MG pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.