Egídio brilha, ‘amuleto’ Cristaldo marca e Palmeiras bate Chapecoense por 2 a 0

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2015 22h51

O argentino Cristaldo marcou o segundo gol da vitória palmeirense no Allianz Parque

Cristaldo comemora gol do Palmeiras contra a Chapecoense

Embalado após golear o São Paulo no final de semana, o Palmeiras voltou a jogar em casa, no Allianz Parque, na noite desta quarta-feira (1) e, com outra boa atuação de Egídio e gol do ‘amuleto’ Cristaldo, o Verdão derrotou a Chapecoense pelo placar de 2 a 0, chegando assim à segunda vitória seguida. Depois de dar três assistências na vitória por 4 a 0 sobre o São Paulo, lateral esquerdo voltou a se apresentar bem, marcou o primeiro gol alviverde e ainda participou da jogada que resultado no gol de Cristaldo.

Com o resultado, o Palmeiras chega aos 15 pontos somados no Campeonato Brasileiro, ficando com campanha de quatro vitórias, três empates e três derrotas, e sobe na tabela de classificação, mas ainda segue na zona intermediária. Já a Chapecoense estaciona nos 13 pontos (quatro vitórias, um empate e cinco derrotas) e cai algumas posições.

O Palmeiras começou o jogo com tudo e, já no primeiro minuto, Leandro Pereira arrancou e bateu de canhota de fora da área, exigindo grande defesa do goleiro Danilo. O Verdão cedeu alguns contra-ataques, mas para felicidade a Chapecoense não conseguiu assustar muito. Também apostando nos contra-ataques, o Verdão chegou ao gol aos 27, mas após jogada de bola parada. Depois de cobrança de lateral, Dudu dominou na área e rolou atrás para Egídio. Na entrada da área, o lateral, que vive excelente fase, bateu para o gol, contou com desvio da zaga e abriu o placar: 1 a 0.

Aos 33, quase que o Palmeiras cedeu o empate, quando Camilo cobrou falta, Leandro Pereira desviou e quase marcou contra. Apesar disso, o Verdão controlou a vantagem e foi para o vestiário na liderança do marcador.

No segundo tempo, o Palmeiras controlou a partida em grande parte do tempo e, apesar de ficar muito tempo com a bola, não criou muitas chances incisivas nos primeiros minutos. No meio da etapa final, o técnico Marcelo Oliveira resolveu tirar Dudu e Leandro Pereira para colocar Zé Roberto e Cristaldo. A segunda alteração deu muito resultado e, em seu segundo minuto no campo, aos 25, Cristaldo aproveitou sobra de bola na área após cruzamento de Egídio e desvio de Robinho e mandou para a rede vazia. A estrela da Argentina voltou a aparecer bem após sair do banco e assegurou o triunfo em casa. Placar final: 2 a 0.

Na 11ª rodada, o Palmeiras joga no domingo (5), às 18h30 (de Brasília), na Arena Pantanal, Em Cuiabá (MT), em jogo com mando de campo da Ponte Preta. Um dia antes, no sábado, às 21h, a Chapecoense recebe o Vasco, na Arena Condá, em Chapecó (SC).