Eleita melhor lutadora, Ronda provoca Mayweather: “batido por uma mulher”

  • Por Jovem Pan
  • 16/07/2015 09h37
Destaque no ESPYS

A lutadora americana Ronda Rousey foi eleita, na noite desta quarta-feira (15), a melhor lutadora do ano e conquistou o prêmio Espys Awards, promovido pela rede de tv ESPN, e após a premiação, não perdeu a oportunidade de provocar o milionário boxeador, Floyd Mayweather.

Campeão pesos-galos feminino do UFC, Ronda superou o próprio Mayweather e ainda o colega de UFC Donald Cerrone, e os boxeadores Gennady Golovkin e Terence Crawford.

Depois de ser premiada, a lutadora não perdeu a oportunidade de provocar Money. Ronda lembrou o passado do boxeador, que em algumas oportunidades de sua carreira foi envolvido em casos de violência doméstica.

“Queria saber como Floyd está se sentido após ser batido por uma mulher pela primeira vez. Gostaria de vê-lo fingindo que não sabe quem eu sou agora”, afirmou a campeã do UFC no tapete vermelho, após a premiação.

Em 2014, depois que Ronda afirmou que bateria em Mayweather, o atleta mais bem pago do mundo declarou que sequer conhecia a ex-judoca.

Além do troféu de melhor lutadora, a americana ainda faturou o prêmio de melhor atleta entre as mulheres, superando Serena Williams, a jogadora de basquete universitário Breanna Stewart e a esquiadora Lindsey Vonn.