Eliminado nas semifinais, Calleri é artilheiro da Libertadores pelo São Paulo

  • Por EFE
  • 28/07/2016 09h23

Calleri realizou seu último jogo pelo São Paulo contra o Atlético Nacional

Calleri realizou seu último jogo pelo São Paulo contra o Atlético Nacional

Atleta do São Paulo por apenas seis meses, já que não voltará após a disputa dos Jogos Olímpicos, o atacante argentino Jonathan Calleri marcou seu nome na história do tricolor paulista ao se consagrar o artilheiro isolado desta edição da Taça Libertadores, com nove gols.

A equipe dirigida pelo também argentino Edgardo Bauza iniciou a caminhada no torneio continental ainda na fase preliminar, em que eliminou o Universidad César Vallejo, do Peru. Depois, teve dificuldades na fase de grupos, mas foi avançando até cair diante do campeão Nacional de Medellín nas semifinais.

O grande nome da reta final do torneio, no entanto, não foi Calleri, e sim Miguel Borja. Contratado antes das semifinais pelo Nacional, o colombiano balançou a rede quatro vezes nas duas partidas contra o São Paulo e nesta quarta fez o gol do título na vitória sobre o Independiente del Valle por 1 a 0 no estádio Atanasio Girardot.

Os Artilheiros da Copa Libertadores 2016 são:

Com 9 gols: Jonathan Calleri (São Paulo).

Com 8 gols: Ismael Sosa (Pumas) e Marco Ruben (Rosario Central)

Com 6 gols: José Angulo (Independiente del Valle) e Júnior Sornoza (Independiente del Valle).

Com 5 gols: Miguel Borja (Nacional de Medellín), Carlos Tévez (Boca Juniors), Ramón Ábila (Huracán), Michel Santos (River Plate-URU) e Fernando Uribe (Toluca).