Em bate-papo, Neymar afirma que Dunga acertou em não convocá-lo em 2010

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2014 21h44
Neymar brilha e Barça bate Vilarreal por 2 a 1

Neymar participou de uma conversa com jornalistas e torcedores por meio de um evento promovido por um de seus patrocinadores nesta segunda-feira e defendeu o técnico Dunga, que não lhe convocou para a Copa do Mundo de 2010. Segundo o camisa 10 do Brasil, o ex-capitão acertou em não o convocar na ocasião.

“Naquela época, acho que eu não estava pronto para ser o cara da Seleção. Eu gostaria muito de estar no grupo, mas foi uma escolha do treinador e temos que respeitar. Torci como todo brasileiro. Não fiquei magoado. Pelo contrário, torci muito pelo Brasil”, disse.

O principal nome entre os comandado de Felipão garantiu que chegará 100% no Mundial e que a sua lesão já está na reta final de recuperação. O jogador ainda deixou no ar a possibilidade de enfrentar o Atlético de Madrid no próximo sábado.

“Para a Copa, é certeza de estar 100%. Já estou na fase final da recuperação. Estou vendo para ver se dá para jogar sábado. Espero que possa estar 100% no sábado e depois ir para a Seleção”, revelou.

Neymar ainda contou que numa possível volta ao país, não pensaria em apenas retornar ao Santos e que estaria aberto à atuar em outros clubes, inclusive de São Paulo. “Um caso a se pensar. Tenho vontade de jogar em outro clube do Brasil. Mas eu quero terminar minha carreira no Santos. Mas, se abrir a possibilidade de jogar em outro clube do Brasil, jogaria. Jogaria em um paulista, carioca. Não vejo problema”, completou.