Em comunicado, UFC acata suspensão de Anderson Silva, mas “olha para frente”

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2015 08h17
Punido pela Comissão Atlética de Nevada

Após a Comissão Atlética de Nevada (NAC) definir a punição e manter Anderson Silva longe do octógono, o UFC se manifestou e, em comunicado oficial, destacou a grande carreira do lutador brasileiro, mas afirmou que acata a decisão do julgamento que puniu Spider com 12 meses de suspensão e mais multas.

Afastado desde que teve divulgado o resultado de seu exame antidoping no início de 2015, Anderson poderá retornar ao UFC em fevereiro de 2016 e para isso deverá apresentar um novo exame mostrando estar limpo. O Ultimate valorizou o lutador brasileiro e destacou que “olha para frente, esperando pelo retorno do atleta em 2016”.

Confira o comunicado do UFC sobre a suspensão de Anderson Silva:

“Como consequência ao pronunciamento feito pela Comissão Atlética de Nevada, Anderson Silva deverá ficar 12 meses suspenso das competições, com punição retroativa à sua última luta, em 31 de janeiro. Para concluir sua pena, Silva deverá apresentar um teste antidoping sem nenhuma substância ilícita antes de readquirir uma nova licença para lutar em Nevada. O UFC mantém uma política restrita e consistente contra o uso de qualquer tipo de substâncias de melhoria de performance, estimulantes e agentes que possam mascarar outros elementos utilizados pelos atletas, e dá total suporte aos efeitos impostos pela Comissão com intuito de garantir uma competição limpa e justa entre todos os atletas de MMA. O UFC reconhece a reconhece a grande carreira de Anderson Silva e olha para frente, esperando pelo retorno do atleta ao octógono em 2016”