Em despedida, Rogério fará jogo contra campeões mundiais; relembre ídolos

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2015 12h33
Prestes a se aposentar

Está chegando a hora que todo são-paulino temeu por muito tempo. A final da temporada 2015, Rogério Ceni vai encerrar sua carreira deixando grande lacuna no São Paulo. Goleiro, capitão e ídolo tricolor, o camisa 1 fará uma partida de despedida após o final do Brasileiro, festa que contará com jogadores e ex-jogadores que conquistaram os três mundiais do clube ao lado do Mito.

O jogo festivo deve acontecer no dia 11 de dezembro e ao lado de Rogério, festejando a brilhante carreira do goleiro são-paulino, estarão grandes nomes da história tricolor. De Zetti a Lugano, muitos nomes dos três times históricos ficaram marcados na memória dos torcedores, ainda que hoje alguns estejam sumidos. O Jovem Pan Online relembra, então, onde estão algumas das importantes peças do São Paulo tricampeão mundial e que e voltarão ao Morumbi para festejar ao lado do eterno capitão. Confira:

Zetti

Titular da meta são-paulina nos dois primeiros mundiais, Zetti trabalhou como comentarista em São Paulo e atualmente mantém uma escola de goleiros na capital paulista.

Lugano

Símbolo de raça, Lugano é ídolo e sonho de grande parte da torcida. Aos 35 anos, o uruguaio defende o Cerro Porteño, do Paraguai, mas seu contrato se encerra no início de dezembro, fato que dá esperança para muitos são-paulinos.

Pintado

Volante de muita força responsável por parar o Barcelona em 92, Pintado hoje é treinador com trabalho recente no Guarani, além de passar pelo Cruz Azul do México, como auxiliar.

Josué

Histórico volante da Libertadores e do Mundial de 2005, Josué ainda joga em bom nível. Aos 36 anos, o meio-campista está no Atlético Mineiro e oscila entre o time titular e a reserva do Galo.

Toninho Cerezo

Veterano da equipe campeã em 1992, Toninho Cerezo hoje é treinador e recentemente foi demitido do Kashima Antlers, do Japão.

Cicinho

Destaque na conquista da Libertadores e do mundial de 2005, Cicinho hoje defende o Sivasspor, da Turquia. Hoje com 35 anos, o lateral passou pelo tricolor em outras duas passagens, mas sem o mesmo sucesso.

Leonardo

Lateral que se transformou em meia no histórico time tricolor nos anos 90, Leonardo hoje vive na Europa. Com passagens como diretor de futebol do Milan e no PSG, o ex-jogador deixou o clube francês em 2013 após sofrer uma dura punição por agredir um árbitro.

Muller

Atacante de muita velocidade nos anos 90, Muller decidiu voltar a jogar em 2015 e assinou com o Fernandópolis, do interior de São Paulo para a disputa da quarta divisão do Paulistão.

Mineiro

Parceiro implacável de Josué, o volante Mineiro, autor do gol do título diante do Liverpool, em 2005, rodou o mundo e hoje está aposentado do futebol. Atualmente, o ex-jogador se dedica a um projeto social de integração e reintegração de crianças através do esporte, em Americana, interior de São Paulo.

Grafite

Titular na Libertadores e resolver no Mundial de 2005, Grafite é mais um dos que ainda está em atividade. O veterano atacante, hoje com 36 anos, retornou ao Brasil para defender o Santa Cruz que luta para conquistar uma vaga para a Série A do Brasileiro.