Em família: semi da Champions coloca irmãos brasileiros em disputa; pai fica dividido

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2015 20h52
Rafinha permaneceu no Barcelona e escolheu defender o Brasil

Mais do que um duelo entre dois dos melhores times do mundo, a semifinal da Liga dos Campeões entre Barcelona e Bayern de Munique propiciará uma disputa em família. Os meias Rafael e Thiago Alcântara, filhos do ex-jogador Mazinho, se enfrentarão pela primeira vez.

Ambos foram formados nas categorias de base do time catalão. Thiago Alcântara, o mais velho com 24 anos, foi contratado pelo Bayern em 2013 a pedido do técnico Pep Guardiola, ex-Barça e atual treinador dos bávaros. Rafinha, de 22 anos, por sua vez, permaneceu na equipe, onde joga como titular de vez em quando.

“Não posso fazer apostas, nem apontar um favorito. Estou extremamente dividido, porque são dois grandes times e tudo poderá acontecer. Só espero poder aproveitar os dois grandes jogos”, disse o pai Mazinho em entrevista ao site da Fifa.

Além dos times, as nacionalidades dos irmãos são diferentes. Thiago nasceu na Itália, quando o pai defendia o Lecce, e escolheu jogar pela Seleção Espanhola. Já Rafinha nasceu em São Paulo, na época em que Mazinho brilhava pelo Palmeiras, e optou por defender o Brasil.

“Eu queria que Thiago jogasse pelo Brasil, mas no momento em que a Espanha se interessou por ele, consultei a CBF e me disseram que os jovens formados no exterior não seriam chamados. Fiquei estarrecido, mas Thiago não podia parar a carreira. Depois, o Brasil mudou a política e chamaram Rafinha. Hoje, todos estão felizes com a decisão que tomaram”, disse Mazinho.

O ex-jogador não esconde o orgulho que tem do sucesso dos filhos. “Antes diziam de Thiago e Rafinha como os filhos de Mazinho, hoje, pelo contrário, eu que sou o pai de Thiago e Rafinha. Meu momento já passou e agora é a hora deles vencerem”.

Quando souberam do sorteio que os colocou em disputa por uma vaga na final da Liga dos Campeões, os dois irmãos se provocaram nas redes sociais.