Em “final antecipada”, São Paulo bate Cruzeiro e encurta distância mineira

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2014 18h03
SÃO PAULO,SP,14.09.2014:MOVIMENTAÇÃO-JOGO - O goleiro Rogério Ceni do São Paulo comemora gol durante partida entre São Paulo x Cruzeiro, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro 2014, no estádio do Morumbi em São Paulo, SP, neste domingo (14). . (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Folhapress)Rogério Ceni

Em uma bela tarde de domingo o São Paulo mostrou a sua força e venceu o líder Cruzeiro por 2 a 0. Com gols de Rogério Ceni, de pênalti, e Alan Kardec, o São Paulo diminuiu a diferença para o líder de sete para quatro pontos. Já o Cruzeiro se mantem líder do Brasileiro conheceu a sua terceira derrota.

O jogo foi muito duro para os paulistas, mas na força do conjunto e no ataque o São Paulo mostra que é um forte candidato ao título. Com a vitória, o Tricolor se mantem na segunda posição, mas com 42 pontos.

Na próxima rodada, os paulistas viajam até Curitiba, e enfrenta o Coritiba na quarta-feira, às 22h. Já os mineiros recebem o Atlético-PR, no Mineirão, na quarta-feira, às 19h30.

O jogo – A partida começou muito tensa no Morumbi. Tanto São Paulo como Cruzeiro entraram a campo muito nervosos, tanto é que a primeira falta na partida foi logo aos 40 segundos de jogo.

Passado alguns minutos, os times começaram a tentar impor o outro as suas principais características. Com ambas equipes trocando muitos passes e valorizando a posse de bola, tentando envolver as defesas. E a primeira chance criada foi aos 5min, quando Éverton Ribeiro arriscou de longe, mas a bola passa a esquerda do gol de Rogério.

Logo após o São Paulo respondeu de forma rápida. Quando aos 7min, após uma jogada rápida com Pato e Ganso, o camisa 10 são-paulino chutou de fora da área. Mas Fábio estava bem posicionado e fez a defesa em dois tempos.

O lance de maior perigo foi aos 17min. Alisson ganha de cabeça contra Auro e lança Ricardo Goulart. O artilheiro do Campeonato Brasileiro viu Rogério Ceni adiantado e chutou de primeira. A bola passou perto do travessão são-paulino. E dez minutos mais tarde, em um contragolpe cruzeirense, Ricardo Goulart recebeu de Éverton Ribeiro e finalizou forte, no alto do goleiro. Rogério fez grande defesa.

E foi no melhor momento do Cruzeiro no jogo que o São Paulo conseguiu fazer o seu gol. Dedé saiu jogando mal e Kaká recuperou a bola. O camisa 8 são-paulino tocou para Ganso e o meio-campista entrou na área e aplicou um drible em Dedé, o zagueiro mineiro apelou e cometeu pênalti. Na cobrança Rogério chutou no meio do gol e abriu o placar no Morumbi aos 37min de jogo.

No segundo tempo, Marcelo Oliveira colocou Manoel no lugar de Dedé, precavendo uma expulsão do zagueiro. Porém a primeira oportunidade foi do São Paulo aos 3min, após bela jogada de Kaká pela esquerda e cruzamento para Kardec, o centroavante ajeitou no peito e chutou. A bola explodiu na trave de Fábio.

A resposta cruzeirense veio logo em seguida. Quando Goulart lançou Éverton Ribeiro, o craque do brasileiro do ano passado, recebeu livre e chutou. Rogério fez linda defesa.

O São Paulo voltou a assustar Fábio aos 15min. Kaká cruzou para área, o goleiro socou a bola e sobrou para Edson Silva. O zagueiro são-paulino chutou forte e Fábio fez grande defesa.

O golpe duro para os líderes veio aos 25min do segundo tempo. Após cobrança de Ganso, Edson Silva cabeceou e Fábio fez uma defesa espetacular, no rebote Alan Kardec aproveitou e ampliou para o São Paulo.

O São Paulo ainda teve duas grandes chances de matar o jogo, as duas com Kaká. Na primeira, aos 27min quando Pato tomou a bola de Léo e driblou dois jogadores. O camisa 8 recebeu o passe livre e chutou de esquerda. Léo desviou para escanteio.

Na segunda, aos 31min, Auro recebeu lindo passe de Kardec, e tocou para Kaká. O jogador ficou cara a cara com Fábio e o goleiro faz grande defesa.

No fim o São Paulo conseguiu controlar o ímpeto mineiro e segurou o resultado até o final.