Em jogo com cara de Libertadores, Atlético de Madrid e Chelsea empatam sem gols

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2014 17h48

Partida no Vicente Calderón foi bastante truncada e jogo terminou com placar de 0 a 0

Atlético de Madrid e Chelsea disputam semifinal da Liga dos Campeões

O jogo era de Liga dos Campeões, mas o clima lembrou bastante a Copa Libertadores da América. Partida bastante truncada, com alguns desentendimentos entre os jogadores e um pouco de ‘cera’ feita pelo Chelsea de Mourinho. No final, apesar de toda a pressão do Atlético de Madrid jogando em casa, no estádio Vicente Calderón, o jogo que abriu as semifinais da Liga dos Campeões terminou com um empate sem gols.

Concorra ao livro “Libertadores – Paixão que nos une”

O Chelsea passou a maior parte da partida se defendendo e foi bastante pressionado pelo Atlético, mas conseguiu segurar o ímpeto da equipe madrilena.

Atlético de Madrid e Chelsea voltam a se enfrentar no jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões. A segunda partida será realizada na terça-feira (29), no Stamford Bridge, casa do Chelsea. Vale lembrar que, nesta quarta-feira (23), às 15h45 (de Brasília), Real Madrid e Bayern de Munique abrem a outra semifinal, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri (ESP).

O jogo – O primeiro tempo de jogo no estádio Vicente Calderón foi morno e com escassas chances de gol. A primeira grande oportunidade de o placar ser alterado foi aos 14 minutos, quando Koke cruzou escanteio fechado e Petr Cech se virou para espalmar para a linha de fundo. No lance, o goleiro titular do time inglês se lesionou e teve que ser substituído, cedendo lugar ao australiano Mark Schwarzer.

O Chelsea também teve uma oportunidade aos 19, após cobrança de escanteio, mas Gary Cahill cabeceou para fora.

O jogo ficou bastante morno depois destas primeiras chances, mas o Atlético de Madrid seguia melhor em campo e tentava impor pressão. Aos 33 minutos, a equipe espanhola deu um dos maiores sustos na torcida do Chelsea na primeira etapa, quando Koke finalizou de fora da área e a bola passou muito perto da trave esquerda da meta defendida por Schwarzer.

No restante do primeiro tempo, o time da casa tentou pressionar o Chelsea, até conseguiu encurralar a equipe visitante, mas não conseguiu abrir o placar.

Na volta dos vestiários, a partida manteve o panorama do primeiro tempo e o Atlético de Madrid seguia tentando pressionar o Chelsea, mas esbarrava na boa postura defensiva da equipe londrina.

Além de ter perdido Petr Cech por lesão, ainda no primeiro tempo, o Chelsea também ficou sem o zagueiro John Terry, que se lesionou e cedeu sua vaga para André Schurrle.

Aos 30 minutos, o Chelsea tomou um grande susto. Gabi cobrou falta de perto da área, pelo meio da barreira do Chelsea, e Schwarzer se esticou todo para espalmar a bola, que tinha endereço.

Nos minutos finais, o Atlético de Madrid seguiu tentando pressionar e marcar um gol pelo menos, mas não obteve sucesso. A classificação será decidida no Stamford Bridge, na próxima semana.