Em Natal, Dilma cita Nelson Rodrigues e dá voto de confiança para Curitiba

  • Por Agência Brasil
  • 22/01/2014 20h58

A presidente Dilma Rousseff compareceu à inauguração da Arena das DunasDilma Rousseff em inauguração da Arena das Dunas

A presidenta Dilma Rousseff demonstrou hoje (22) confiança de que a Arena da Baixada, em Curitiba, ficará pronta no prazo previsto. “É algo que eu tenho certeza. Eu acho que o Brasil tem de apostar a seu favor, e não contra”, disse após participar da inauguração da Arena das Dunas, em Natal.

“Aquilo que o Nelson Rodrigues dizia, não é possível apostar no pior, pelo contrário, eu acredito que o governador [do Paraná, Beto Richa], o prefeito [de Curitiba, Gustavo Fruet], o prefeito e o empresário, que são responsáveis pelo estádio de Curitiba irão fazer a obra no prazo”, disse a presidenta.

Ontem, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, disse que a questão é delicada e que as obras no estádio não estão somente atrasadas, mas estão fora de qualquer bom cronograma de entrega e deu até 18 de fevereiro para que soluções e avanços sejam apresentados.

Dilma participou no fim desta tarde do desenlace da fita inaugural do estádio. Ao lado do secretário executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, e da governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, a presidenta recebeu a bola oficial da Copa, a Brazuca, e deu o pontapé inicial. Cerca de R$ 400 milhões foram investidos no estádio, que vai receber quatro jogos da Copa do Mundo este ano.

México e Camarões abrem a rodada de partidas na Arena das Dunas no dia 13 de junho. Depois, Gana e Estados Unidos (16/06), Japão e Grécia (19/06), todos pela primeira fase. Ainda nesta etapa do Mundial, as campeães mundiais Itália e Uruguai fecham a participação do estádio na competição, no dia 24 de junho.