Em noite de recorde para Diego Alves, Valencia goleia e volta ao 4º lugar

  • Por Agência EFE
  • 27/04/2015 19h35

O Valencia derrotou o Granada pelo placar de 4 a 0 e retornou à quarta colocação

Valencia comemora gol em goleada contra o Granada

Na partida que marcou o encerramento da 33ª rodada do Campeonato Espanhol, nesta segunda-feira, Diego Alves bateu o recorde de invencibilidade de um goleiro no estádio Mestalla e ajudou o Valencia a golear o Granada por 4 a 0.

O brasileiro chegou a 594 minutos sem sofrer gols em partidas disputadas no Mestalla e superou dois grandes goleiros da história dos donos da casa, José Manuel Pesudo e Pep Balaguer, que ficaram cada um 549 minutos sem serem vazados no estádio. O primeiro, já falecido, obteve o feito na temporada 1969-1970, e o segundo, na 1974-1975.

Antes do pontapé inicial em Valência, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do terremoto ocorrido no Nepal no último sábado, que deixou mais de 4 mil mortos e fez vítimas inclusive em países vizinhos, como Índia e Paquistão.

A missão de Diego Alves, ao menos nesta segunda, não foi das mais difíceis, já que o adversário não deu um chute sequer a gol. Todas as cinco finalizações do Granada foram para fora.

Os atacantes do Valencia estavam com uma mira melhor, e a equipe da casa balançou a rede quatro vezes, duas em cada etapa. No primeiro tempo, aos 26 minutos, Javi Fuego aproveitou cobrança de escanteio da esquerda e cabeceou para fazer 1 a 0. Aos 40, Mainz cometeu pênalti em Barragán, Parejo cobrou e marcou o segundo.

Os outros dois gols saíram nos instantes finais da partida. Aos 40 minutos da etapa final, Negredo puxou contra-ataque e tocou para Feghouli aumentar a vantagem. Três minutos depois, De Paul levantou e Negredo deixou o dele, também de cabeça.

Com a vitória, o Valencia chegou a 68 pontos, dois a mais que o Sevilla, que no sábado havia batido o Rayo Vallecano por 2 a 0. Já o Granada é antepenúltimo, com 25, a seis do Almería, último time fora da zona de rebaixamento.