Em seu aniversário, Bayern faz 4 no Colônia e dispara ainda mais na ponta

  • Por Estadão Conteúdo
  • 27/02/2015 18h49
Schweinsteiger e Ribery abriram o caminho para mais uma goleada do Bayern no Alemão

O Bayern de Munique segue irresistível no Campeonato Alemão e nesta sexta-feira disparou mais uma goleada. No dia do 115.º aniversário do clube, quem acabou presenteada foi a torcida, que viu mais uma grande exibição do time bávaro na Allianz Arena com a goleada por 4 a 1 sobre o Colônia, pela abertura da 23.ª rodada da competição.

A cada partida, o título do Bayern parece mais ser apenas questão de tempo. A equipe é líder disparada da competição, agora com 58 pontos, 11 à frente do Wolfsburg, e volta a campo na quarta-feira para pegar o Eintracht Braunschweig, pela Copa da Alemanha. Já o Colônia parou nos 25 pontos e é somente o 13.º colocado.

Como tem se tornado costume, o Bayern foi com tudo para cima do adversário nesta sexta e abriu 2 a 0 logo nos primeiros 10 minutos. Aos dois, Schweinsteiger aproveitou escanteio da esquerda para cabecear firme e marcar o primeiro. Aos nove, Ribery recebeu pela esquerda, foi cortando para o meio e bateu rasteiro para ampliar.

O time bávaro seguia melhor, mas tirou o pé do acelerador e passou a administrar a vantagem. O que parecia um jogo sem risco começou a mudar no fim do primeiro tempo. Em meio a uma série de escanteio, Ujah aproveitou um deles para cabecear firme e diminuir para o Colônia nos acréscimos.

O gol deu ânimo aos visitantes, que voltaram para a etapa final empolgados. Em duas oportunidades, Neuer impediu o empate. A primeira, e mais impressionante, aconteceu em chute à queima-roupa do mesmo Ujah. Na segunda, ele espalmou com estilo finalização de fora da área.

O Bayern não costuma perdoar estes erros e também não o fez nesta sexta. Aos 21 minutos, Robben ampliou de cabeça após cruzamento da esquerda. Já aos 29, o mesmo holandês fez linda jogada pela esquerda e tocou sobre o goleiro. A bola parecia na direção do gol, mas o artilheiro Lewandowski não quis saber de correr risco algum e colocou o peito para mandá-la para a rede.