Em tarde inspirada, Corinthians atropela o Red Bull e garante vaga na semifinal

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2016 18h12
SP - PAULISTÃO/CORINTHIANS X RED BULL BRASIL - ESPORTES - André, do Corinthians, comemora após marcar gol em partida contra o Red Bull Brasil, válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista, na Arena Corinthians, em Itaquera, zona leste de São Paulo, neste sábado. 16/04/2016 - Foto: MAURO HORITA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOO Corinthians não tomou conhecimento do Red Bull e

Se, para alguns, o Corinthians ainda devia uma grande atuação na atual temporada, agora não deve mais. A provável melhor partida do ano veio justamente em um momento importante e fez do jogo único de quartas de final do Campeonato Paulista um show para sua torcida na Arena. O Timão se impôs ofensivamente diante do adversário de Campinas e construiu uma goleada por 4 a 0 para garantir a vaga na semifinal do torneio.

O Red Bull até tentou, nos primeiros minutos, exercer alguma pressão na marcação, mas logo o Corinthians conseguiu se desvencilhar da tentativa. Bruno Henrique, com chute cruzado, foi o primeiro a assustar. Aos 18 minutos, a defesa do time de Campinas afastou mal a bola da área e Giovanni Augusto emendou um voleio para acertar o canto direito abrir o placar com um golaço.

Apesar do gol, a partida era equilibrada, e o Red Bull chegou a balançar as redes, mas a arbitragem pegou impedimento de Anderson Marques quando este completou cobrança de falta. Já aos 39 minutos, Fagner tabelou com Elias em boa jogada coletiva e rolou para André, mesmo dividindo com a zaga, mandar para dentro e fazer 2 a 0. Pouco depois, Fagner levantou a bola na área em saída do goleiro Saulo e André só não ampliou de cabeça porque Diego Sacoman tirou em cima da linha.

A situação melhorou ainda mais para o Timão após o intervalo. Fagner, mais uma vez em grande exibição, quase ampliou, mas parou em defesa de Saulo. Na sequência, Alan Mineiro, que havia entrado no lugar do contundido Giovanni Augusto, bateu cruzado para nova intervenção do goleiro. Só que o Toro Koko bobeou na saída de bola, alvinegro recuperou e o próprio Alan Mineiro saiu na cara do gol para, desta vez, manda para dentro.

O Red Bull até esboçou uma reação e obrigou Cássio a trabalhar com finalização de Roger Carvalho, mas a tarde era mesmo corintiana. Fagner chegou pela direita e acionou Alan Mineiro, que encontrou Lucca livre pela esquerda. O atacante, que recentemente renovou seu contrato com o clube, bateu bonito, colocado, para transformar a vitória em goleada.

Os últimos minutos serviram para Tite substituir os pendurados Lucca e Fagner, este último muito aplaudido pela torcida. Com a goleada, o Corinthians espera a definição das partidas entre Audax e São Paulo, em Osasco, e Palmeiras e São Bernardo, na Capital, para saber quem será seu adversário. Em caso de vitória dos dois grandes, o Tricolor será a próxima parada.