Enderson não garante permanência e sinaliza possível saída de Gabriel

  • Por Jovem Pan
  • 17/11/2014 07h49
SANTOS,SP,16.11.2014:SANTOS SP-CRUZEIRO MG - O jogador Gabriel do Santos em lance durante partida entre Santos SP e Cruzeiro MG, válida pela série A do Campeonato Brasileiro 2014, no estádio Vila Belmiro, em Santos, SP, neste domingo (16). . (Foto: Lucas Baptista/Futura Press/Folhapress) Folhapress Cruzeiro derrota o Santos na Vila Belmiro por 1 a 0

A reta final da temporada 2014 será amarga e lenta para o torcedor santista. Depois da derrota para o Cruzeiro, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time chegou a sete jogos sem vencer e se encontra estacionado no meio da tabela, sem pretensões nas últimas quatro rodadas que restam. O técnico Enderson Moreira disse entender as críticas da torcida santista, não se garantiu no cargo para 2015 e ainda sinalizou uma possível saída do jovem Gabriel devido às dificuldades financeiras do clube da Baixada Santista. 

Com 46 pontos, na nona colocação, o Santos não tem mais chances de ir à Copa Libertadores 2015 e também não corre mais risco de ser rebaixado. Mesmo assim, quem foi à Vila Belmiro não gostou de ver mais um revés alvinegro. “A chateação não é somente do torcedor, é nossa. Estamos tristes com a situação. Nosso ano acabou com a eliminação na Copa do Brasil. Agora, só podemos pensar no planejamento de 2015, infelizmente”, lamentou. 

Enderson lamentou a falta de efetividade do Peixe em mais uma derrota para o líder Cruzeiro. “Fomos melhor em boa parte do jogo, mas, na hora de definir, o Cruzeiro foi mais feliz. Por essa razão é o líder do campeonato e uma das melhores equipes do Brasil”, disse. 

Com as eleições presidenciais marcadas para o final do ano, Enderson Moreira não sabe se terá seu cargo garantido em 2015. Apesar disso, o treinador acredita que fará um trabalho mais consiste caso permaneça no Peixe. “Se o novo presidente achar que é conveniente fazer uma troca, vai fazer. Nós temos oportunidade nessa virada de ano, já com avaliação muito melhor do elenco fazer um bom trabalho. Eu sou responsável por tudo que aconteceu depois que assumi, mas não participei da montagem do elenco, hoje tenho visão clara do que temos que manter, do que temos que trocar, dos jogadores que temos que dar oportunidade”, garantiu. 

Uma das peças que pode faltar no elenco santista para 2015 é o jovem Gabriel. A revelação santista é cotada para deixar o clube no final da temporada. “O Santos tem dificuldades financeiras, precisa buscar alternativas. Não pode se poder dar ao luxo de manter um jogador quando ele tem boas propostas de fora. Tem de fazer o planejamento, se há alternativas. É importante ter a mente aberta. Não se pode jogar toda a responsabilidade no menino de 18 anos. Se houver negociação, ele pode crescer muito nesse eventual time. Gostamos de contar com um jogador dessa qualidade, mas não podemos lamentar a saída de jogadores como esses”, finalizou.