Enderson nega que time ‘tirou o pé’ e elogia condição física dos jogadores

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2014 19h37
Enderson Moreira se esquiva de crise política no Peixe

Após a boa vitória do Santos sobre o Palmeiras, por 3 a 1, o técnico Enderson Moreira, da equipe da Baixada Santista, avaliou o resultado em prol de seu time e deixou claro que crê que o placar foi justo, mas também admitiu que o Santos poderia ter ganhado por uma vantagem mais elástica.

“Nós tivemos condições de fazer um placar maior. Na minha avaliação, a gente começou muito melhor o jogo, criamos boas situações. Depois o Palmeiras equilibrou e a gente conseguiu fazer os dois gols e, evidentemente, um time que está com 2 a 0, não precisa se expor completamente. Mas a gente conseguiu filtrar bem as chances do Palmeiras, mas não acho que o placar pudesse ser diferente por aquilo que nós produzimos”, declarou.

Ao ser questionado sobre a velocidade que o Santos apresentou nos lances que originaram os gols do triunfo sobre o rival, Enderson elogiou a preparação dos atletas.

“A gente sabe utilizar as armas que a gente tem. Queria ressaltar a condição física da equipe, que é muito privilegiada. Mesmo com a desvantagem de ter jogado quinta-feira, conseguimos manter um bom nível de jogo”, disse.

O treinador também fez questão de negar que o alvinegro praiano tenha ‘tirado o pé’ na reta final da partida.

“Sinceramente, eu fico até um pouco desapontado de falar que tiramos o pé. Tivemos jogadores com cãibras, com dedicação máxima, tivemos um jogo difícil na quinta-feira, e os jogadores foram à exaustão. O Alison pediu para sair, o próprio Lucas Lima, o Gabriel falou que estava cansado, o Arouca, o Geuvânio. O desgaste é enorme, pela sequência de jogos, e pelo horário. É um horário diferente do que estamos acostumados. Hoje, com essa mudança (horário de verão), o jogo começou 15h e foi muito quente. Mais importante foi a vitória, o time se dedicou ao máximo”, finalizou.

Com o resultado positivo, o Santos chega aos 45 pontos conquistados no Campeonato Brasileiro e segue tentando se aproximar do G-4. O próximo compromisso da equipe será na quarta-feira (22), às 22h (de Brasília), contra o Fluminense, na Vila Belmiro.