Enfim, festa em Itaquera! Corinthians empata com Ponte e leva 1º título na Arena

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2017 16h04

Cássio ergue a taça do 28º título paulista do Corinthians

Cássio ergue a taça do 28º título paulista do Corinthians

Deu a lógica. Uma semana depois de fazer 3 a 0 em pleno Moisés Lucarelli, o Corinthians confirmou o favoritismo e faturou o título paulista de 2017. A conquista, 28ª da história alvinegra, foi ratificada neste domingo, após empate por 1 a 1 com a Ponte Preta, na Arena Corinthians. Os gols foram marcados por Romero e Marllon, ambos no segundo tempo.

O título deste domingo foi o primeiro do clube alvinegro em Itaquera.

Inaugurada em maio de 2014, a Arena havia se tornado símbolo de excelente aproveitamento corintiano, mas também de consecutivas eliminações em torneios de mata-mata

Depois de cair para Palmeiras, Guaraní-PAR, Santos, Audax, Nacional-URU e Inter, no entanto, o Corinthians enfim fez a festa dentro de casa – a taça do Campeonato Brasileiro de 2015 fora erguida em Itaquera, é verdade, mas o título já havia sido conquistado quatro dias antes, em São Januário. 

A Ponte Preta, por sua vez, manteve o seu eterno jejum de títulos. Fundado há 116 anos, o clube de Campinas segue sem nenhuma conquista de relevância na elite do futebol profissional – apenas como exemplo, este foi o sétimo vice-campeonato paulista da história da Ponte.

Corinthians controla primeiro tempo e põe bola na trave

Os 45 minutos iniciais da decisão em Itaquera foram tranquilos para o Corinthians. O time alvinegro controlou a Ponte Preta, não correu riscos na defesa e teve duas chances claras de gol: na primeira, Maycon acertou a trave de Aranha; já na segunda, Jô, frente a frente com a meta, pegou mal na bola e mandou para fora. A equipe de Campinas só fazia Cássio trabalhar nos cruzamentos para a área e nas finalizações de longa distância.

Romero marca, e nem gol da Ponte impede festa corintiana

A Ponte se lançou ao ataque e cresceu no início do segundo tempo, mas foi o Corinthians quem balançou as redes. Aos 17min, após saída errada de Fernando Bob, Romero aproveitou cruzamento de Jadson e precisou de dois chutes para vencer Aranha. A Ponte até empatou com Marllon, aos 40, mas bastou o árbitro erguer os braços para a festa corintiana tomar conta de Itaquera.

Cinco meses, um título 

Fábio Carille conquistou, neste domingo, o primeiro título de sua curta e promissora carreira como técnico. Ex-auxiliar, ele ocupa o cargo há apenas cinco meses. Na antiga função, o jovem de 43 anos faturara dois Paulistas (2009 e 2013), dois Brasileiros (2011 e 2015), uma Copa do Brasil (2009), uma Libertadores (2012), uma Recopa (2013) e um Mundial (2012).

1º título, 100º jogo e recorde de público

Além de proporcionar o primeiro título da história da Arena, o Corinthians x Ponte deste domingo teve outro significado especial: foi o 100º jogo da história do estádio. A festa, como não poderia deixar de ser, foi feita antes, durante e depois da partida, que, de quebra, contou com novo recorde de público da Arena em jogos do Corinthians: 46.017 pessoas pagaram para ver o título alvinegro.