Equipe chinesa tem problemas e deverá abandonar 5ª etapa da Volvo Ocean Race

  • Por Agencia EFE
  • 30/03/2015 17h33

Redação Central, 30 mar (EFE).- A equipe chinesa Dongfeng deverá abandonar a quinta etapa da Volvo Ocean Race, que terá como chegada Itajaí, em Santa Catarina, devido a uma quebra no mastro, ocorrido na semana passada.

O problema ocorreu quando a embarcação navegava a cerca de 240 milhas (445 km/h), ao oeste do Cabo de Horn. Os integrantes da Dongfeng partiram então em direção ao porto de Ushuaia, na Argentina, a princípio, sem intenção de voltar a disputa até a vinda para o Brasil.

Nesta segunda-feira, foi concluída a 13ª jornada da quinta etapa da regata, com a Alvimedica, que participa com as bandeiras de Estados Unidos e Turquia, levando a melhor.

A equipe espanhola Mapfre, que conta com o único brasileiro na disputa, o chefe de turno André Bochecha, acabou o trecho de hoje na quarta colocação. EFE