Escultura, camisas comemorativas: São Paulo prepara festa de 25 anos de Ceni

  • Por Lancepress
  • 01/09/2015 17h01
FORTALEZA, CE, 26.08.2015: CEARÁ-SÃO PAULO - Gol de Rogério Ceni - Partida entre Ceará e São Paulo, válida pela partida é a de volta das oitavas de final da Copa do Brasil de Futebol 2015, na Arena Castelão (Estádio Governador Plácido Castelo), em Fortaleza (CE). (Foto: Nuno Guimarães/Frame/Folhapress)Rogério Ceni

Rogério Ceni vai completar 25 anos de São Paulo na próxima segunda-feira. O goleiro foi aprovado numa peneira do clube no dia 7 de setembro de 1990. E a diretoria já prepara ações para celebrar a importante data. Ceni será homenageado no próximo sábado, no duelo contra o Internacional, no Morumbi.

Em tratamento de uma contratura muscular na coxa direita, o capitão ainda não tem presença confirmada no duelo, mas estará no Morumbi para receber as honrarias. O departamento de comunicação e marketing mandou fazer uma escultura de um dos lances mais importantes da carreira do goleiro. O artista Glauco Diogenes reproduziu em aço a interceptação de Ceni na falta do meia Gerrard, do Liverpool (ING), na final do Mundial 2005. O Tricolor foi campeão com vitória por 1 a 0 e Ceni teve atuação monstruosa.

Além da peça, os jogadores do São Paulo também prestarão homenagem ao goleiro. Todo o time entrará em campo trajando camiseta com o nome “Mito”, apelido dado pela torcida ao goleiro, e o número 25, anos do capitão no São Paulo. Depois do jogo, a ideia é levar as peças a leilão e e doar o valor arrecadado para instituições de caridade. 

Em 25 anos de São Paulo, Rogério Ceni tornou-se o jogador mais importante da história do clube. É o recordista de jogos, com 1226 disputados, o maior goleiro-artilheiro da história do futebol mundial, com 131 gols marcados, entre outros números expressivos. Ganhou duas Libertadores (1993-2005) e dois Mundiais (1993-2005), três Paulistas (1998-2000-2005), um Torneio Rio-São Paulo (2001), três Brasileiros (2006-07-08) e uma Copa Sul-Americana (2012), entre outros títulos de menor expressão. No último ano de carreira, ainda tenta a Copa do Brasil, troféu que falta a sua galeira e a do Tricolor.