Estádio no sul do Peru será batizado com o nome de Paolo Guerrero

  • Por Agencia EFE
  • 08/07/2015 01h44
Paolo Guerrero (esq.) marcou no fim do jogo o gol que o colocou na artilharia do torneio junto com Vargas

O estádio do município de Pusi, no sul do Peru, será batizado com o nome do atacante Paolo Guerrero, mais novo reforço do Flamengo, anunciou nesta terça-feira (data local) o prefeito da cidade, Blas Huanca.

Huanca explicou ao site “Puno Deportes” que o conselho do distrito, pertencente à região de Puno com cerca de 4 mil habitantes, concordou em homenagear do jogador.

“Tomamos essa decisão porque Paolo é um atleta humilde. Também porque é um exemplo para a infância e a juventude”, disse Huanca.

O prefeito anunciou que Guerrero será convidado para a reabertura do estádio, programada para o dia 25 de julho, junto a autoridades do Instituto Peruano do Esporte (IPD) e da Federação Peruana de Futebol (FPF). Ele está sendo reformado para modernizar a pista de atletismo e instalar gramado sintético.

Guerrero é o segundo maior artilheiro da história da seleção peruana com 26 gols, a apenas um de igualar Teófilo Cubillas.

O atacante foi o artilheiro das duas últimas edições da Copa América. Na Argentina, em 2001, marcou cinco gols. Já no Chile, neste ano, balançou as redes quatro vezes, dividindo o status de maior goleador do torneio com o chileno Eduardo Vargas.