“Estou muito feliz com o que significou este jogo”, diz goleiro do Equador

  • Por Agência EFE
  • 25/06/2014 20h32

O goleiro DomínguezDomínguez

Apesar da tristeza pela eliminação no grupo E da Copa do Mundo com o empate em 0 a 0 com a França nesta quarta-feira, o goleiro equatoriano Alexander Domínguez demonstrou em entrevista coletiva a satisfação por ter tido uma boa exibição em um jogo de Mundial no Maracanã e acredita que o futuro da seleção de seu país pode ser melhor.

“Sabíamos que enfrentaríamos um adversário que sabe jogar muito bem. Nos preparamos para um jogo difícil, que ficou ainda mais difícil com a expulsão de um companheiro. Agradecemos o apoio de todos, e tomara que tenhamos a oportunidade continuar o trabalho. Apesar do resultado, estou muito feliz com o que significou este jogo”, analisou o goleiro, eleito o melhor em campo no duelo no Rio de Janeiro.

Domínguez elogiou o adversário, que se classificou na liderança da chave, com sete pontos. A segunda colocada foi a Suíça, com seis, dois a mais que o Equador.

“Jogar contra uma equipe tão forte foi uma grande motivação. Sabíamos que o ataque deles tem jogadores excelentes, como o Benzema. Enfrentar esses monstros nos motiva a fazer tudo bem. Mas, acima de tudo, estávamos focados em conseguir os três pontos, embora soubéssemos que esta Copa seria muito difícil”, destacou o arqueiro, que disse ainda ser importante que ele e seus companheiros assimilem o aprendizado obtido no Brasil.

“Agora vamos tentar fazer com que isto sirva de experiência. Temos um grande grupo, uma grande seleção e, acima disso, uma ótima comissão técnica. Vamos ver em quais pontos erramos e em quais acertamos para melhorar pensando no futuro”, encerrou.