Estudo aponta Fangio como maior piloto da história da F-1; Senna fica em 5º

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2016 11h09
Juan Manuel Fangio

Um estudo desenvolvido pela Universidade de Sheffield, na Inglaterra, tentou enumerar os melhores pilotos da história da Fórmula 1, e gerou uma lista mais do que polêmica. A pesquisa concluiu que o argentino Juan Manuel Fangio como o melhor de todos os tempos.

Deixando de lado fatores como os carros e as equipes dos pilotos, o estudo buscou em análises estatísticas identificar o piloto mais talentoso na história da categoria. Desse modo, formou um top 5 com Fangio, Alain Prost, Fernando Alonso, Jim Clark e Ayrton Senna. Maior campeão da história da Fórmula 1, Michael Schumacher aparece apenas na nona colocação.

Autor do estudo, Andrew Bell reconhece a subjetividade ao escolher o melhor piloto de todos os tempos, especialmente por conta da influência dos carros pilotados.

“A pergunta ‘quem é o melhor piloto de todos os tempos na F1’ é difícil de responder, porque não sabemos até onde os pilotos vão bem por causa de seu talento ou porque estão guiando um bom carro”, comentou Bell.

“Nosso modelo estatístico nos permite chegar a um ranking e avaliar a importância relativa dos pilotos e equipes. Há alguns resultados surpreendentes. Por exemplo, o relativamente desconhecido Christian Fittipaldi está no top 20, enquanto o três vezes campeão Niki Lauda nem aparece no top 100. Se esses pilotos corressem por diferentes equipes, seus legados poderiam ter sido bem diferentes”, explicou o autor do estudo que ainda colocou Emerson Fittipaldi na oitava posição e Nelson Piquet em sétimo.

O resultado é surpreendente especialmente por posições de alguns dos grandes pilotos da história da F-1. Tricampeão mundial, Niki Lauda, por exemplo, não aparece entre os 100 primeiros colocados do ranking. Enquanto o brasileiro Cristian Fittipaldi aparece na 12ª posição.

Alegando que o carro tem seis vezes mais importância que o piloto, o estudo da Universidade de Sheffield concluiu ainda que a Ferrari é a melhor equipe da história, seguida por Mercedes, RBR, Benetton, Lotus e Williams.