Etíope Kenenisa Bekele bate recorde da maratona de Paris

  • Por Agencia EFE
  • 06/04/2014 07h04

Paris, 6 abr (EFE).- O recordista mundial dos 5.000 e dos 10.000 metros, o etíope Kenenisa Bekele, conseguiu neste domingo superar a melhor marca do maratona de Paris com um tempo de 2h5min4s (seis segundos menos que a do queniano Stanley Biwott em 2012), em sua estreia na distância.

Bekele, que dominou claramente a prova e fez os últimos quilômetros sozinho, não conseguiu alcançar o desafio que ele mesmo tinha proposto de bater o recorde mundial de 2h3min23s, conseguido por Wilson Kipsang no mês passado de setembro em Berlim.

“Não tinha experiências anteriores. Foi muito difícil para mim”, assinalou o etíope de 31 anos a perguntas do canal “Eurosport” minutos após atravessar a linha de chegada.

Também explicou que “depois do quilômetro 30, tudo foi muito complicado”. De fato, a oito quilômetros do final fez sinais de que tinha dor em uma perna.

Bekele tinha antecipado que pensa continuar “um pouco” na maratona, mas que sua ideia é voltar aos 10.000 para tentar bater seu próprio recorde da prova mais longa em pista.

Em segundo lugar chegou o também etíope Limenih Getachew, e o terceiro foi o queniano Luka Landa.

Na prova feminina, a vencedora foi a a queniana Flamene Cheyech, com 2h22min42s.

Cerca de 50 mil pessoas se inscreveram para participar da 38ª edição da maratona de Paris. EFE