Ex-astro da NFL é indiciado por execução de mais dois homens em 2012

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2014 17h52

Ex-jogador dos PatriotsAaron Hernandez

Ex-astro da NFL, Aaron Hernandez, que marcou seu nome jogando pelo New England Patriots, deve se complicar ainda mais com a Justiça americana. Nesta quinta-feira (15), segundo a promotoria do distrito do condado de Suffolk, em Boston, o ex-atleta teria matado dois homens em 2012.

Vale lembrar que Aaron Hernandez está detido aguardando o julgamento de outro caso de assassinato, mas esse ocorrido no ano passado.

Em entrevista coletiva concedida nesta quinta, o promotor Daniel Conley explicou que as vítimas, Daniel de Abreu e Safiro Furtado, foram alvejados até a morte ao pararem seu carro em um sinal vermelho depois de saírem de uma boate em Boston.

“Sr. Abreu e Sr. Furtado foram cercados e executados enquanto voltaram para casa. Aaron Hernandez é o principal, o atirador, e a pessoa responsável por tirar as vidas de ambas as vítimas”, declarou Conley.

De acordo com informações do promotor, Abreu e Furtado deixaram a boate em uma noite de julho de 2012, por volta das duas horas da manhã, e voltavam para casa de carro. Aaron Hernandez, que estava em um SUV, seguiu as vítimas, esperou o veículo dos alvos parar em um sinal vermelho e emparelhou seu carro com o das vítimas e atirou várias vezes.

Abreu, que estava dirigindo, foi alvejado diversas vezes, recebendo inclusive um tiro fatal no peito. No banco dianteiro do passageiro estava Furtado, que também foi alvejado por várias vezes e chegou a ser atingido na cabeça, tiro que foi fatal.

O promotor Daniel Conley revelou que mais informações sobre o crime serão divulgadas na próxima semana, quando Hernandez irá comparecer à corte para audiência de acusação.