Ex-astro de futebol americano recebe nova acusação e segue detido sem fiança

  • Por Jovem Pan
  • 13/03/2014 17h12

Ex-jogador de futebol americano EFE Darren Sharper

Ex-astro da NFL, liga profissional de futebol americano, Darren Sharper vai seguir na cadeia sem a possibilidade de pagamento de fiança, como determinou um juiz da Califórnia, depois de o ex-atleta ser acusado de drogar e abusar sexualmente de duas mulheres no estado do Arizona.

Atualmente com 38 anos de idade, o campeão do Super Bowl na temporada 2009/10 se diz inocente das acusações de estupro que recebeu em Los Angeles, onde também é acusado de abusar de mulheres que conheceu em um bar de Hollywood.

Anteriormente, Sharper havia sido liberado da prisão no caso da Califórnia depois de pagar uma fiança no valor de um milhão de dólares, mas voltou a ser detido no dia 27 de fevereiro, depois de se entregar após um mandado de prisão ser expedido em Nova Orleans.

De acordo com a polícia de Nova Orleans, vítimas disseram que Darren Sharper e um amigo dele admitiram que o sexo com as duas mulheres foi não-consensual. Os advogados do antigo astro da NFL alegam que seu cliente nunca disse isso.

O ex-jogador de futebol americano também está sendo investigado em casos semelhantes nos estados americanos da Flórida e Nevada.

Até o momento, Darren Sharper foi acusado formalmente nos estados da Califórnia e do Arizona, por dois estupros em cada estado. Além disso, o ex-jogador ainda está sendo investigado por dois estupros em Nova Orleans, dois em Las Vegas e um em Miami, todos desde setembro do ano passado.

Darren Sharper disputou dois Super Bowls, final do futebol americano e evento esportivo mais importante dos Estados Unidos, e foi campeão com o New Orleans Saints, tendo perdido o outro quando atuava pelo Green Bay Packers. Ele se aposentou do futebol americano depois da temporada 2010 e virou comentarista de futebol americano, mas acabou sendo demitido pelo canal em que trabalhava após as acusações de estupro.