Ex-médico da F-1 crê que Schumacher pode ficar em estado vegetativo

  • Por Jovem Pan
  • 12/02/2014 18h18

Schumacher segue em estado graveSchumacher segue em estado grave

A cada dia que passa, os fãs ficam mais apreensivos para saber novidades sobre Michael Schumacher. E segundo o ex-médico da Fórmula 1, Gary Hartstein, há chances de o heptacampeão mundial da maior categoria do automobilismo ficar em estado vegetativo.

O ex-assistente de Sid Watkins resolveu escrever sobre o tema depois de ler as últimas informações que estão sendo divulgadas pelo jornal alemão Bild. E para Hartstein, como Schumacher não está reagindo à interrupção da aplicação de medicamentos sedativos, a possibilidade de o ex-piloto ficar com graves sequelas é grande.

Hartstein frisa que “se o que o Bild está noticiando é verdade, nós precisamos saber o que eles querem dizer com ‘nenhuma reação a estímulos externos’. Se não há resposta aos estímulos de dor, nem mesmo as respostas estereotipadas arcaicas organizadas profundamente dentro de peças antigas do cérebro, então esta é uma notícia muito ruim, de fato”, escreveu o ex-médico da Fórmula 1. “Isso provavelmente significa grandes danos no tronco cerebral. Gostaria apenas de pontuar que, como uma daquelas coisas que desejaria nunca ouvir, quando o neurocirurgião falou sobre hematomas ‘esquerda, direita e no centro’, era isso que eu temia. O tronco cerebral é uma daquelas coisas no centro”, prosseguiu.

Ainda em seu texto, Gary escreve que “se a resposta motora a estímulos externos é uma das reações primitivas, esta é uma má notícia, mas deixa a esperança de algum nível de recuperação. Este nível de resposta indica a persistência de um estado vegetativo, mas cerca de 50 % desses pacientes acordam, geralmente com algum grau de disfunção residual”.

A avaliação de Gary Hartstein, como ele mesmo destaca, é baseada na sua experiência com casos semelhantes. O ex-médico deixou claro que não recebeu informações do Centro Hospitalar de Grénoble, onde o alemão segue internado desde que sofreu um acidente de esqui na estação de Méribel.