Ex-tenista admite ter entregado partida em 2013 para beneficiar apostadores

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2016 19h30
Nick Lindahl havia sido acusado em 2015 e admitiu ter entregado a partida contra um adversário inferior no ranking

No dia 17 de janeiro, uma reportagem do BuzzFeed e da BBC causou furor no mundo do tênis. Segundo ela, jogadores, inclusive do top 50, teriam vendido partidas em um esquema de manipulação de resultados para benefício de apostadores. No entanto, nenhum caso havia sido confirmado – até agora.

O ex-tenista australiano Nick Lindahl declarou ter arranjado o resultado de uma partida contra no torneio Toowoomba Futures de 2013. Em 2015, ele havia sido acusado de entregar a vitória a seu adversário, que estava em posição bastante inferior no ranking da ATP.

“O senhor Lindahl aconselhou duas outras pessoas de que ele iria entregar ou perder a partida de tênis. Com essa informação, as pessoas foram capazes de fazer apostas com vantagens para si mesmas”, disse a procuradora de Sidney, Kate Young, ao jornal britânico The Guardian.

Em 2010, Lindahl chegou a ocupar a posição de número 187 no ranking, a melhor de sua carreira.