Exame antidoping de Nick Diaz apontou dobro da maconha permitida, diz site

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2015 12h46
Instagram/Reprodução Nick Diaz

O confronto entre Anderson Silva e Nick Diaz segue gerando polêmica. Após o lutador brasileiro ser flagrado em exame antidoping por uso de anabolizantes, o norte-americano testou positivo para uso de maconha. A novidade desta quinta-feira (05) é que, de acordo com informações do site “MMA Fighting”, o exame de Diaz teria apontado 300ng/ml (nanograma por mililitro) de metabólitos de maconha, o dobro permitido pela Comissão Atlética de Nevada.

Aos 31 anos, Diaz coleciona episódios polêmicos e controversos. Ainda de acordo com o site referido, o norte-americano teria entregue o exame antidoping para a Comissão apenas três dias antes do duelo frente ao brasileiro, disputado no dia 31 de janeiro, em Las Vegas.

Bob Bennett, diretor executivo da entidade de Nevada, declarou que exames positivos para maconha não afetariam a licença de Diaz para eenfrentar Anderson Silva. Isso porque a droga não é proibida fora do período de competição. Tanto o brasileiro como o norte-americano ainda podem recorrer solicitando a contraprova. Por enquanto, há apenas especulações sobre uma possível punição aos dois atletas.

Dentro do octógono, o norte-americano foi derrotado por Anderson Silva por decisão unânime dos juízes. A luta marcou o retorno do brasileiro depois de mais de um ano afastado por grave lesão na perna.